Fechar Página

Sandro Penelú
É Cantor, compositor e violonista profissional, com especialização em violão popular e dissonante. Foi vencedor do Festival de Música da antiga Rádio Cultura, em 1988, recebendo ainda troféu melhor arranjo e melhor interpretação. Em 1989, participou do projeto “OFICINA DE MÚSICA”, coletânea gravada com diversos artistas emergentes da época, na qual, além de intérprete de sua própria música, foi também convidado especial para vocal em todas as faixas e responsável pelos arranjos de violão, participando também como diretor musical daquele projeto. Foi vice-campeão do I MUSIFEST, realizado no palco do Feira Tênis Clube (1991).
 
Conquistou por dois anos consecutivos o troféu Melhor Voz e Violão do Ano (1992 e 1993), promovido pela Nativa Chic Produções. Foi co-produtor e arranjador do disco de Janno, no qual uma música sua foi gravada, “Encanto”, a qual seguiu durante dez anos sendo tocada no rádio! Foi também finalista do I FECON, festival de música realizado em 1997, no palco do CCAAm, participando do disco deste festival em duas de suas faixas, um feito praticamente inédito em se tratando de festivais. Participou também como arranjador do disco de Almery Bastos, no qual tem uma participação especial em uma das faixas e acaba de lançar o seu próprio CD.
 
Sandro Penelú atua em casas de show, em Feira de Santana, há exatos vinte e um anos, sempre desfilando um repertório à base da MPB e Pop Nacional, além de exercer outras atividades vinculadas a arte e a noite feirense, sendo também colunista do Jornal “Feira Noite e Dia”, onde mantém uma coluna sobre atividades artística e uma agenda, na qual divulga seu trabalho e dos demais colegas artistas que a ele solicita.
 
Podemos afirmar que Sandro Penelú, é parte da Cultura e da noite feirense, por seu excelente trabalho, e também por seu espírito de solidariedade aos demais artistas da comunidade.
 
(VIVA FEIRA 2010)
 
SANDRO PENELÚ TEM A EXELÊNCIA DE SER UM CRIADOR INQUIETO, QUE ESTÁ SEMPRE SE RENOVANDO, POR ISSO MESMO, ELE ELABOROU VÁRIOS BLOGS PARA EXPRESSAR SUA ARTE LIVREMENTE. CONHEÇA OS TRABALHOS DE SANDRO, ALÉM DO CANETA AFIADA:









O primeiro homem da Terra


Publicado em: 13/12/2017 - 15:12:40


A religião tradicional prega que Adão e Eva teriam sido os primeiros homens da Criação Divina e, por conseguinte, os primeiros a habitarem o planeta Terra. Esta pregação teria sido retirada da própria Bíblia. Mas, será que no Livro Sagrado está mesmo escrito assim ou tudo não passa de mais uma errônea interpretação?

Vejamos o Gênesis, cap. IV:

“Adão teve então relações com Eva e ela deu à luz Caim, mais tarde deu à luz Abel”.

Até aí, temos quatro pessoas na Terra: Caim, Abel, Eva e Adão. Caim matou Abel por inveja, já que este era mais sensível e Deus o olhava com bons olhos. Ficaram agora três pessoas: Caim, Eva e Adão.

Observem o que Deus disse a Caim quando vira que este matara o seu irmão Abel, o mais querido por Deus.

“Agora, maldito és. Tornar-te-ás errante e fugitivo pelo mundo”.

Caim então lhe respondeu:

“Minha punição pelo erro é grande demais. Tenho de tornar-me errante e fugitivo pela Terra e é certo que o primeiro que me achar me matará”.

E Deus então fez um sinal na testa de Caim, a fim de que não fosse golpeado por aquele que o achasse.

Mais tarde, Caim conheceu sua mulher (que, pela lógica do que está textualmente na Bíblia, só poderia ser sua própria irmã) e esta pariu Enoch, construindo depois uma cidade que a chamou de Enoquia, em homenagem ao filho.

Ora, quando Caim saiu do Éden, somente havia na terra três pessoas: seu pai, sua mãe e ele próprio. Entretanto, Caim encontrou uma mulher, uniu-se a ela, gerando um filho. O texto diz “ele estava construindo uma cidade, o que indica uma ação no presente, ou seja, não se passou um tempo suficiente para que Adão e Eva tivessem mais um filho (uma menina) e esta crescesse pelo menos até a adolescência e ainda por cima encontrasse em seu caminho justamente aquele que assassinara o seu irmão, perdoando-lhe o crime e, como se não bastasse, tendo um filho dele... Convenhamos, é duro de ser explicado de forma convincente. Além do mais, quando se fala em cidade, logo nos vem à mente a imagem de muitas pessoas. A não ser que queiramos acreditar que Caim estava construindo uma cidade para si próprio, seu filho e sua esposa. Nem o mais exótico dos homens faria isso. E outra coisa: quem poderia Caim temer anteriormente que o matasse e que utilidade teria o sinal que Deus pôs em sua testa para protegê-lo, já que, além de seus pais, só havia ele no mundo?

Pois bem. De acordo com o que está na própria Bíblia, a região já estava povoada e as pessoas que lá estavam poderiam ser tudo, menos descendentes de Adão.

 

 



Fonte:







Página de 176

| | | | |
Próxima ->




(75) 4141-2757 (fixo) e (75) 8821-6940



New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados