menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
TRIO DA CIDADE VAI ABRIR A MICARETA NESSA QUINTA-FEIRA COM O TEMA “MICARETA SEM ASSÉDIO ...”


Publicado em: 18/04/2018 - 08:04:57

    Sob o comando da Maestrina Celiah Zaiin que acompanhou o Carnaval carioca o trabalho da ONU Mulheres que desenvolveu o a Campanha de cuidado e proteção às Mulheres no circuito do festa carioca com a discurssão sobre o limite entre a “Paquera” e o “Assédio” no objetivo de incentivar aos Foliões a exercitarem o “bom senso” durante o Carnaval. Assim o TRIO DA CIDADE vem para avenida cantando ...A Micareta estar no ar, é sem assédio que a gente vai brincar...se encostou e ouviu “NÂO”...Viva o direito...Micareta é respeito! Na Princesa do Sertão”.
    o TRIO DA CIDADE segue em sua tradição de trazer novos  “Cantores de Rua” cumprindo seu papel de apresentar como funciona a “Música de rua”, “a magia do Trio”, “a voz super ampliada” e “o que o povo gosta de ouvir”.
    o TRIO DA CIDADE surgiu em 2003 quando a Maestrina Celiah Zaiin em visita à Micareta, observou que muito artistas se inscreviam para participar, porém poucos artistas locais tinham acesso à avenida.  Como o Carnaval também enfrentava essa mesma dificuldade de acomodação dos artistas e a saída foi juntar de 3 em 3 e 5 em 5, Celiah apresentou seu Projeto de “TRIO DA CIDADE” onde a cada ano artistas estariam juntos cantando. No primeiro ano foi uma emoção quando se ouviu pela primeira vez o “Hino à Feira” cantando por Celiah Zaiin, Asa Filho, Dilma Ferreira, Cezinha dos Olhos Dagua e Carol Pereyr.
    Com o apoio de toda Imprensa feirense o TRIO DA CIDADE foi conquistando ao público trazendo cada ano um tema e uma personalidade a ser homenageada. Com mais de 30 Artistas já consagrados na Micareta que iniciaram no Trio da Cidade,  Celiah reconheceu que são hoje a maior “Escola de Cantores de Rua da Bahia”.  Celiah fala que não tem como manter a tradição sem preparar novas vozes.
    Dilma Ferreira, Asa Filho, Carol Pereyr, Sandro Penelú, Cezinha dos Olhos Dágua, Tanny Brasil, Janno, Karla Janaina, Kelly Ventura, Juliana Grace, Paula Sanffer, Bruno Bezerra, Jose Ventura, Sara Reys, Paulinha, Bárbara Nunes, Rebeca Sanches, Zaque, Zé Aaraújo, Nenem do Acordeon, Ramon Cruz, Marcelo, Paulo Bindá, Venus Carvalho, Dilla Costa, Julinha e Marcelo da Pegou Geral, Coral Maestro Miro e tantos outros Artistas os quais só temos a agradecer pela grandeza da cultura feirense...
    O Trio da Cidade já homenageou ao Sertão baiano, a Georgina de Melo Erisman autora do “Hino a Feira”, aos Maestros de Filarmônica Tertuliano Santos e Estevam Moura pelas lindas “Marchas de Carnaval”. Homenageou aos 100 anos de Chiquinha Gonzaga, cantaram em parceria com Luiz Caldas ao vivo para TVE. Em 2006 um grande momento que ninguém se esquece foi quando a Celiah Zaiin estava nos estúdios da TVE no circuito da folia, cantando o “Hino a Feira” , o prefeito Jose Ronaldo em outro estúdio chorava ao ouvir o hino enquanto um helicóptero sobrevoava a cidade e mostrava toda beleza ao vivo. Quem não se conteve também naquele momento foi o repórter Jonny que terminou a transmissão chorando.  o Trio da Cidade ainda homenageou ao s 100 anos do Frevo,  já fizeram o “Abraço Negro” em homenagem ao Yle Aiê, já fez campanha de Copa do Mundo trazendo os hinos mais famosos da copa, já homenageou os 100 anos do samba até que no ano passado completou 15 anos na avenida com uma grande festa chamada “Baile dos Debutantes”.

AUTORIA: Celiah Silva



MAIS UM BELÍSSIMO PROJETO DE ESQUENTA MICARETA

O Mercado de Arte Popular tem sido contemplado semanalmente com o Projeto Ensaios de Micareta sob o patrocínio da Fundação Egberto Costa e apoio do Settedec

Publicado em: 10/04/2018 - 23:04:48

    O Mercado de Arte Popular foi palco  de mais um encontro de artistas da cidade nos Ensaios de Micareta no último sábado,07. Se apresentaram os cantores Mano Gavazza, Márcia Porto, Djalma Ferreira e sua convidada Luciana Alves.
    A novidade deste Ensaio foi a volta do cantor Djalma Ferreira, que foi o primeiro artista a se apresentar no projeto. “Eu sou suspeito de falar sobre o evento por ter iniciado, e ver que deu certo é maravilhoso”, conta emocionado.
    Tão certo quanto os Ensaios no MAP, é a presença da aposentada Heloísa de Santana de 79 anos, que vem acompanhando o evento desde o início. Alegre e com uma disposição de dar inveja, Dona Heloísa esbanja jovialidade e bom humor. “O que me motiva a estar aqui todos os sábados é a vontade de viver, que eu tenho. Não existe idade para se divertir e viver a vida, a idade da gente é na cabeça”.
    Dona Heloísa conta que já foi rainha e princesa da micareta e que marca presença todo ano.  “Eu sempre curti micareta, quinta na praça, eu saio no bloco Bacalhau na Vara, saía no Abraçaê, Esse evento é uma maravilha foi a melhor coisa que fizeram aqui no Mercado pra gente. Porque eu mesma não saio a noite, então a oportunidade que tenho de me divertir, é aqui”, ressalta.
    A cantora Márcia Porto se apresentou pela primeira vez no Ensaio junto com o cantor Mano Gavazza. Ela destaca como a iniciativa reforça a cultura e valoriza os artistas locais. “É uma oportunidade maravilhosa, estou muito feliz de estar fazendo parte desse esquenta, que é uma forma de convocar o povo para a maior e melhor micareta do Brasil. É um local seguro e bacana. Eu estou emocionada de estar aqui pois é uma oportunidade de valorização da cultura e dos artistas locais”.
D. Heloisa    O cantor Djalma Ferreira ainda se apresentará nos dois últimos ensaios que acontecerão nos dias 14 e 28 de abril, sendo este último, a ressaca da micareta. Os Ensaios de Micareta é uma realização da Fundação Egberto Costa com apoio da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico.

AUTORIA: Release da ASCOM FUNTITEC - Laiane Ferraz
Fotos




8ª MOSTRA SESC DE ARTES ALDEIA OLHOS D’ÁGUA


Publicado em: 04/04/2018 - 15:04:55

    O Serviço Social do Comércio (Sesc), uma das grandes empresas fomentadoras de arte e cultura no Brasil, promoverá em Feira de Santana a oitava edição da Mostra Sesc de Artes Aldeia Olhos D’Água, cuja missão é contemplar a comunidade feirense com espetáculos artísticos de alta qualidade. Esse evento ocorrerá no período de 06 a 14 de abril do corrente ano, com atrações locais, estaduais e de outros estados, abrangendo várias linguagens de arte, integrando a primeira etapa do Festival Palco Giratório na cidade.
    Nesse espírito, a 8ª Mostra Sesc de Artes Aldeia Olhos D’Água oferece aos feirenses:
    Teatro: com as peças Desastro (Associação Conexões Criativas / BA); Os Cavaleiros da Triste Figura (Grupo Teatral Boca de Cena / SE); Leia Aê (Sim Produções / BA); Encarceradas / Recorte de Teatro / BA); O Justo (Conto em Cena / BA); Oficina: Oficina de Super Poderes (Associações Conexões Criativas / BA) e Oficina Danças Urbanas (Deko Alves / BA)
    Música: por meio dos shows Por do Sol (Grupo Duo Ifé / BA) e Luau da Bossa (Baiana Bossa / BA);
    Cinema: através das exibições dos filmes O Serviço de Entrega da Kiki (1989) – Ao completar 13 anos, a jovem bruxa Kiki, deve seguir a tradição de todas as bruxas, mudar-se para uma cidade na qual não haja nenhuma bruxa e passar lá um ano morando sozinha em uma espécie de “estágio”. Após achar uma cidade à beira mar, Kiki e seu gatinho Jiji tentam se adaptar a nova vida cheia de desafios e aventuras);
    A Viagem de Chihiho - Chihiro é uma menina esperta de 10 anos, que está de mudança com seus pais para uma cidade do interior. Durante a viagem eles se perdem, mergulhando em um mundo encantado, habitado por fantásticas criaturas, o mundo dos deuses. Para salvar seus pais e voltar ao nosso mundo, Chihiro terá que ter muita humildade, coragem e determinação.
    É com muito prazer, convidamos toda a comunidade local e circunvizinha para este evento de interação cultural, nas datas supracitadas.


AUTORIA: Ana Silmara Rabelo Freitas Santos



LEIA MULHERES FEIRA DE SANTANA


Publicado em: 03/04/2018 - 10:04:52

    O leia mulheres é um projeto que tem como objetivo disseminar e incentivar a leitura de escritoras. Inspirado no projeto homônimo criado pela escritora Joanna Walsh, o #readwomen2014 (#leiamulheres2014) que consistia basicamente em ler mais autoras. Clubes de leitura se formaram em São Paulo e no Rio de Janeiro e ao longo do tempo têm surgido em outras cidades do país.
    Abertos a participação de todos, os clubes contam com reuniões regulares para a leitura e discussão de obras literárias escritas por mulheres.
    O clube terá seu nono encontro na cidade de Feira de Santana. Com uma roda de discussão sobre o livro O que é lugar de fala, da Djamila Ribeiro no dia 07 de abril, próximo sábado.
    Mediadoras: Larissa Rodrigues e Mariana Paim
    Para mais informações sobre o projeto acesse o site do Leia Mulheres: http://leiamulheres.com.br/
    O quê: Leia Mulheres- nona edição
    Quando: 07/04/2018 das 15:00 às 17:00
    Onde: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira
    Entrada Gratuita

AUTORIA: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira



HISTÓRIA E MEMÓRIA EM FOCO NO PROJETO FEIRA TEM TEATRO

Um dos setores mais dinâmico da produção cultural feirense sem dúvidas é o Teatro, rico, dinâmico e variado em estilos, seguindo uma tradição que, a bem da verdade, em Feira, vem de longe, de outras gerações, que nem sequer se comunicaram para tanto.

Publicado em: 29/03/2018 - 12:03:13

    Diante do enorme sucesso da estreia do projeto Feira Tem Teatro, que prevê a apresentação de grupos teatrais de Feira de Santana a cada mês, daremos continuidade à programação nos dias 05 e 06 de abril, no Teatro do Cuca, proporcionando emoção, diversão, informação e entretenimento à comunidade feirense.
    O projetoFeira Tem Teatro, organizado pelos grupos Conto em Cena e Cordel, dirigidos por Geovane Mascarenhas,tem sempre como abertura da noite um Papo Cultural, às 19h,que dialoga com temas como cidadania, arte, educação, história e memória da cidade de Feira de Santana , e em seguida,às 20h,  a apresentação do espetáculo.
    Neste mês de abril, o Papo Cultural será com a historiadora Eliane Costa (Professora e pesquisadora feirense. Graduada em Licenciatura em História pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Atualmente é mestranda do Programa de pós-graduação Mestrado em História Regional e Local pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), integrando a linha de pesquisa: Estudo sobre trajetórias de populações afro-brasileiras) com otema: “Lucas da Feira, Presente!”, entrada gratuita. E às 20h o espetáculo A Cidade da Rua Direita, do grupo Cordel.
    O espetáculo A CIDADE DA RUA DIREITA traz como recorte a cidade de Feira de Sant’Annal,  em 1930, e conta a história de um homem misterioso  que chega à cidade e com ele a necessidade de conquistar sua herança. Histórias reais e fictícias se misturam num enredo envolvendo personagens históricos e tipos que circulavam pelas ruas do centro. Música, comédia e drama compõem esse espetáculo que traz um final surpreendente. O elenco é composto por Lion Guimarães, Leo Sátiro, Cleyton Vidal, Aida Vitória, Carol Acos, Elidiane Souza, Denise Medeiros, Marcinha Costa e Manoel Oliveira.

Programem-se e compareçam!

O QUE: Projeto Feira Tem Teatro 2018
QUANDO: 05 e 06 de abril de 2018
HORÁRIO: a partir das 19h
INGRESSOS: R$24,00 (inteira) e R$12,00 (meia)/ R$10,00 (Estudantes da UEFS e CUCA).
ONDE: Teatro do Cuca
ENDEREÇO: Rua Conselheiro Franco, 66, Centro.
Maiores informações:Tel (71) 9 9115-5729 (75) 99133-1073
Evento no Facebook: https://goo.gl/Xdwpfo
Curta a nossa página do Facebook: https://goo.gl/u5eadZ

AUTORIA: Release de Willian Fraga
Fotos




INSCRIÇÕES PARA OFICINEIROS DO PROGRAMA ARTE DE VIVER TERMINAM NESTA QUINTA-FEIRA


Publicado em: 28/03/2018 - 15:03:14

    As inscrições para seleção de oficineiros que atuarão nas áreas da música, teatro, dança e artes plástica através do Programa Arte de Viver, terminam nesta quinta-feira, 29 de março. Serão ofertadas 38 vagas, sendo 36 para a ampla concorrência e duas para portadores de necessidades especiais.
    Os interessados devem comparecer ao Centro de Cultura Maestro Miro, que funciona das 8h às 12h e das 14h às 18h, com os documentos necessários, especificados no edital disponível em https://goo.gl/sqTz89.  O contrato terá duração de 24 meses, podendo ser prorrogado. O Centro de Cultura Maestro Miro se localiza na rua Itacarambi, s/n, no bairro Muchila.
    As oficinas do Programa Arte de Viver são mantidas pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Fundação Municipal da Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa - Funtitec.


AUTORIA: ASCOM FUNTITEC



MUSEU CASA DO SERTÃO DA UEFS REALIZA MOSTRA COM MANUSCRITOS FEMININOS


Publicado em: 19/03/2018 - 10:03:27

    No dia 19 de março será aberta ao público a exposição “A escrita feminina em cadernos goiabada” composta por manuscritos apresentados em conjuntos de folhas pautadas em formato de brochuras ou espirais, escritos por mulheres. Os “cadernos goiabada”, denominação da escritora Lígia Fagundes Telles, é uma referência ao hábito (ainda hoje praticado) de mulheres em colecionar receitas. Os exemplares que integram a mostra tem origem sertaneja, oriundos dos municípios de Tanquinho, Riachão do Jacuípe e Serrinha, escritos entre os anos 20 aos 50 do século XX.
    Dos dezesseis exemplares, apenas um pertence ao acervo da Biblioteca Setorial Monsenhor Galvão - BSMG, os demais são oriundos de acervos privados, denotando a especialidade deste tipo de documento. A historiadora do Museu Casa do Sertão, Cristiana Oliveira, responsável pela mostra, acrescenta que esses manuscritos fazem parte da “literatura pessoal feminina”, espécie de registro particular voltado para si, sendo possível flagrar, nesses documentos,fragmentos do cotidiano, focalizando a atenção para as relações de gênero, escrita e leitura femininas. Destaca, também, o ineditismo dos documentos apresentados na exposição, por se tratar de uma fonte manuscrita pouco conhecida do grande público.
    Os exemplares que integram a mostra foram classificados como álbuns (registros de confidências, notas de cartas e músicas, além de miscelâneas) muito comuns no processo de organização da escrita feminina, com extenso conteúdo literário e registros do dia a dia dessas mulheres. O outro grupo que compõe a exposição são os cadernos de receitas e orações, vinculados às atividades associadas à vida feminina, estabelecidas como normas do papel social da mulher na condução da economia doméstica, bem como do exercício de piedade, voltados para as orações diárias e manifestações da religiosidade.
    Os cadernos em exposição formam os acervos privados de Luiz Cleber Moraes Freire, com doze exemplares e Nilzete Barbosa de Oliveira, com três, e um, do acervo público, já citado. A exposição fica em cartaz até o dia 14 de dezembro, na Sala do Couro Eurico Alves Boaventura, no Museu Casa do Sertão da UEFS.

    Serviço:
    Local: Museu Casa do Sertão – UEFS
    Contato: 75.3161.8750 /
    Av. Transnordestina, s/n - Novo Horizonte, Feira de Santana - BA, 44036-900
    E-mail: museucasadosertao@uefs.br
    Atendimento:
    Segunda-feira: das 14:00 as 17:30 h.
    Terça-feira a sexta-feira: 8:00 as 11:30 e das 14:00 as 17:30 h.


AUTORIA: Museu Casa do Sertão



I SEMANA DA ESCOLA DO PARQUE DO SABER ACONTECE A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA

Evento busca valorizar e incentivar a produção de ciência nas escolas

Publicado em: 12/03/2018 - 14:03:36

    Pela primeira vez o Museu Parque do Saber através  da Fundação Egberto Costa realiza a Semana da Escola. O evento acontece de 12 a 15 de março e terá uma programação voltada à valorização de trabalhos produzidos por estudantes e professores da rede pública de ensino, além de promover maior aproximação entre os profissionais de educação com este espaço de cultura e ciência.
    Segundo o chefe de Difusão Científica da Fundação de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa,  Basílio Fernandez, a intenção é continuar com o projeto no próximo ano. “Um dos objetivos do Parque do Saber é fomentar que mais escolas produzam e tenham onde apresentar seus trabalhos. Então, enquanto a gente dá uma vitrine para eles, mostramos também que as escolas estão ativas e produzindo principalmente no âmbito da ciência”, explica.
    Além da exposição de trabalhos premiados de alunos e professores da rede pública, que ficará no Museu  durante todo o evento, haverá também lançamento de filme e workshop para profissionais de educação.
    Confira a programação completa:
    12/MARÇO às 14h30: Exposição de Projetos Premiados de alunos e professores da rede pública de ensino:
    Bicicleta Geradora de Energia - Escola Municipal Mãe da Providência
    Forno Solar - Escola Regina Vital
    A Geometria nas Canetas -  Colégio Estadual Helena Assis Suzart
    Feiraguai - Escola Estadual Regis Bittencourt
    13/MARÇO às 9h: Visita ao planetário e palestra sobre o universo através do software Uniview.
    14/MARÇO às 15h :  Lançamento do Filme sobre os Maias no planetário.
    15/MARÇO às 10 às 12h e das 14h às 16h: Workshop sobre montagem de telescópio de baixo custo para professores.

    SERVIÇO
    O que: I Semana da Escola
    Quando: 12 a 15 de março
    Onde: Museu parque do Saber
    Quanto: Gratuito

AUTORIA: Assessoria de Comunicação Social da Uefs



BIBLIOTECA MUNICIPAL ARNOLD FERREIRA SILVA VOLTA A FUNCIONAR AOS SÁBADOS

Instituição atende cerca de 200 pessoas diariamente e possui acervo com mais de 23 mil livros

Publicado em: 02/03/2018 - 14:03:50

    Após três meses funcionando de segunda a sextas-feiras, por conta de reformas internas e do recesso escolar, a Biblioteca Municipal Arnold Ferreira Silva voltará, a partir deste mês de março,  a funcionar aos sábados, das 08h às 17h. A decisão amplia o acesso para quem não consegue, nos demais dias da semana, utilizar o espaço e os mais de 23 mil livros, além de  jornais e revistas, que estão disponíveis no acervo.
    Segundo a chefe de Divisão de Bibliotecas da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa - FUNTITEC, Telma Freitas de Melo, o retorno do funcionamento ao sábados será bastante benéfico, inclusive para os concurseiros e vestibulandos, que terão mais horas de estudo neste espaço. “É através de  adaptações como essa que contribuímos para que a biblioteca permaneça sempre viva e mais ativa. Buscamos sempre atender os leitores da melhor forma possível”, ressalta.
    O estudante João Augusto Neto, 20, pretende ingressar numa universidade, e é na Biblioteca Municipal Arnold Ferreira Silva que ele vem se preparando para o vestibular. Segundo o estudante, o funcionamento aos sábados “vai ser muito vantajoso porque vou ter um lugar para fazer reuniões com colegas e resolver questões para o vestibular. Aqui na biblioteca encontramos um ambiente onde conseguimos nos concentrar mais para poder estudar. Tem muitos livros que possibilitam um maior aprendizado e tem também acesso à internet”, comemorou.
    O retorno do atendimento ao público aos sábados não interferiu no horário de funcionamento nos demais dias da semana: de segunda a sextas-feiras, das 8h às 20h. A Biblioteca Municipal Arnold Ferreira Silva fica localizada na rua professor Germiniano Costa, 153, Centro de Feira de Santana.

AUTORIA: Elsimar Pondé



Mais Notícias

    As inscrições para seleção de oficineiros que atua...

    No dia 19 de março será aberta ao público a exposiç...

    Pela primeira vez o Museu Parque do Saber através  da Fundaç...

    Após três meses funcionando de segunda a sextas-feiras, por conta...

De sexta-feira (2) até domingo (3) os amantes do trcuk food terão um encontro marca...

    Pelo menos 87% das demissões nas médias e grandes empresas hoje ...

    Conveniado pelo governo da Bahia e governo federal, o projeto “Da Quixab...

    A Rádio Sociedade começou 2018, ano em que completa 70 anos no a...

    O Metrópole Espaço Multicultural abre suas portas para o artesan...

    Decorrente da nossa origem cristã e com influência de manifesta&c...


Página de 23
| | | | |

 

Apoio Cultural:



Micareta 2018
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados