menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
PROJETO CINEMA VAI AOS BAIRROS DEVE ACONTECER AINDA ESTE ANO

Idealizado pela Fundação Egberto Costa, projeto propõe levar produções audiovisuais para praças de localidades periféricas de Feira de Santana

Publicado em: 22/05/2018 - 11:05:17

    O Presidente da Fundação Egberto Costa - Funtitec, Antônio Carlos Coelho anunciou que, após reunião com o prefeito Colbert Martins, decidiu-se que o  projeto Cinema Vai aos Bairros será realizado ainda este ano. O edital está previsto para ser divulgado até o mês de agosto. O projeto visa selecionar produções audiovisuais que serão exibidas em praças de Feira de Santana.
    A proposta pensada pela Funtitec, foi inspirada em outra iniciativa da mesma autarquia e que comemorou 18 anos de existência em 2018: o projeto Teatro Vai aos Bairros. “Através do departamento de difusão científica estamos tomando as primeiras providências para realização do projeto, que foi autorizado pelo prefeito Colbert Martins. Os filmes devem ter temáticas culturais e também voltadas para crianças, como animações, por exemplo”, disse Coelho.

AUTORIA: Release e fotos: ASCOM FUNTITEC



OFICINA DE ESCRITA CRIATIVA DIA 09/06/2018 ÀS 14:00H


Publicado em: 17/05/2018 - 15:05:30

    A "Oficina de Escrita Criativa", mediada pela poeta Lívia Natália, abre a segunda etapa do Ciclo de Oficinas em Escrita Criativa em Feira de Santana. O projeto tem como objetivo contribuir e fomentar a produção literária das mulheres da cidade e região, a partir de oficinas e rodas de conversa com outras autoras do estado. A ideia é a cada encontro pensar o processo e os procedimentos literários que cada uma das autoras participantes utilizam, estimulando assim, a leitura e consumo dessa literatura, mas também a produção e autopublicação de outras mulheres.
    Nesse sentido, o ciclo será composto de três etapas, pensando o processo da produção à publicação. Sendo que a primeira delas, com três diferentes oficinas, ocorreu no segundo semestre de 2017 e as demais acontecerão ao longo de 2018. Além disso, prevemos também a seleção e organização de uma publicação coletiva com os poemas ao final da formação e também um evento de lançamento, juntamente a exposição de outras artistas mulheres da região.

AUTORIA: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira



SARAU DA CONFRARIA POÉTICA FEMININA – DIA 24/05/2018

A Confraria volta a realizar em Feira de Santana mais um evento que valoriza a boa literatura com ênfase na produção literária das mulheres!

Publicado em: 14/05/2018 - 10:05:21

    A primeira edição do Sarau da Confraria Poética Feminina será realizada dia 24/05/2018(quinta feira), a partir das 19 horas, no Museu Regional de Arte Contemporânea, localizado na Rua Geminiano Costa, 255, Centro, Feira de Santana-Bahia.
    O evento organizado pela confreira Rejane Aquino e pelas demais integrantes do grupo tem como objetivo incentivar e promover a produção literária baiana no cenário contemporâneo, tal como as demais produções artísticas.
    A entrada é gratuita e o evento iniciará impreterivelmente às 19 horas.
    Durante a programação haverá declamações com as integrantes da Confraria Poética Feminina e de vários poetas atuantes no contexto baiano. Acontecerão, também, apresentações de músicas, dança e teatro.
    A programação, ainda, contará com lançamentos de livros das autoras: Rita Queiroz, Joceane Lopes, Palmira Heine e Rejane Aquino.
    O convite está aberto a todos os amantes das artes.

AUTORIA: Release da Confraria Poética Feminina - Rejane Aquino



LANÇAMENTO DO LIVRO DE CARTUNS ALMOFADAS COM PELOS DE GATO 25/05/18

Dentro do espírito de diversificação das artes o MAC desta feita nos presenteia com o lançamento de um livro de cartuns.

Publicado em: 08/05/2018 - 13:05:09

    A poesia desenhada de Caó Cruz Alves trata-se de mais uma publicação que revela os traços do desenho crítico, poético e repleto de humor do cartunista e diretor de filmes de desenho animado, o baiano Caó Cruz Alves.
    “Os desenhos do Caó, que vão deixando pelos de gatos por onde passam são líricos, amorosos, seu humor é sutil, quase silencioso. Não gargalhamos, sorrimos de pura delícia”. (Roseana Murray, escritora carioca)
    “As raízes irônicas e líricas de Caó progrediram. Seu traço não domesticado encontra no leito anárquico do humor, um esboço mordaz, romântico, e desenha um autor capaz de nos arrancar, ao final de cada leitura, uma cumplicidade silenciosa sorrindo dentro da gente. É a fisgada da invenção”. (José Carlos Capinan, compositor)
    Desenho inconfundível, humor e poesia que nutrem cabeça e alma, nos levam a interagir com seus personagens, com a empatia que nos faz olhar com seu mesmo olho felino  seus incríveis gatos e outros bichos, todos mais ou menos humanos ou às vezes, nem tanto…” (Ângela Peroba, jornalista).
    O livro Almofadas Com Pelos de Gato e Outros Desenhos possui 64 páginas com desenhos do cartunista e animador baiano, criados entre os anos 1980 a 2018. Alguns foram publicados em jornais, revistas e ilustração de livros, outros postados nas redes sociais. Os demais são inéditos. Todos foram refeitos digitalmente. O livro no formato 20 por 14 em preto e branco está disponível para o público amante do cartum via redes sociais e pretende, fazer lançamentos em espaços alternativos de qualquer cidade.

AUTORIA: Release do MAC



LANÇAMENTO DO LIVRO ‘TRAÇOS DE COTIDIANO’ DE SALOMÃO GOMES


Publicado em: 27/04/2018 - 15:04:29

    TRAÇOS DE COTIDIANO - Intenções Poéticas Sobre o Quase Banal, marca uma estreia aos 55 anos de vida com cinquenta e cinco textos. É um livro de estreia autônoma como escritor. É a realização de um sonho de ser escritor, mas para isto é preciso que algum leitor se ache no seu texto.  Este é o desafio deste lançamento de Traços de Cotidiano- intenções poéticas sobre o quase banal, convencer o leitor de que o cotidiano tem poesia.
    Salomão Gomes é o pseudônimo de Salomão Gomes de Almeida, professor da rede pública, alguém que gosta de viajar (inclusive com as palavras) e apaixonado pela natureza. Salomão nasceu em Santa Barbara-BA, em 1962.
    São muitas experiências vividas e convertidas em textos de poesia simples,  um exercício poético que quer ter eco no coração de quem ler. O leitor está convidado a revisitar suas memórias sobre pessoas, coisas e experiências que, vivenciadas, de forma tão rotineira vão perdendo a importância devida.
    O Quê: Lançamento do livro de Salomão Gomes, Traços de Cotidiano
    Quando: 04 de Maio de 2018
    Onde: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira
    Entrada Gratuita

AUTORIA: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira



TRIO DA CIDADE VAI ABRIR A MICARETA NESSA QUINTA-FEIRA COM O TEMA “MICARETA SEM ASSÉDIO ...”


Publicado em: 18/04/2018 - 08:04:57

    Sob o comando da Maestrina Celiah Zaiin que acompanhou o Carnaval carioca o trabalho da ONU Mulheres que desenvolveu o a Campanha de cuidado e proteção às Mulheres no circuito do festa carioca com a discurssão sobre o limite entre a “Paquera” e o “Assédio” no objetivo de incentivar aos Foliões a exercitarem o “bom senso” durante o Carnaval. Assim o TRIO DA CIDADE vem para avenida cantando ...A Micareta estar no ar, é sem assédio que a gente vai brincar...se encostou e ouviu “NÂO”...Viva o direito...Micareta é respeito! Na Princesa do Sertão”.
    o TRIO DA CIDADE segue em sua tradição de trazer novos  “Cantores de Rua” cumprindo seu papel de apresentar como funciona a “Música de rua”, “a magia do Trio”, “a voz super ampliada” e “o que o povo gosta de ouvir”.
    o TRIO DA CIDADE surgiu em 2003 quando a Maestrina Celiah Zaiin em visita à Micareta, observou que muito artistas se inscreviam para participar, porém poucos artistas locais tinham acesso à avenida.  Como o Carnaval também enfrentava essa mesma dificuldade de acomodação dos artistas e a saída foi juntar de 3 em 3 e 5 em 5, Celiah apresentou seu Projeto de “TRIO DA CIDADE” onde a cada ano artistas estariam juntos cantando. No primeiro ano foi uma emoção quando se ouviu pela primeira vez o “Hino à Feira” cantando por Celiah Zaiin, Asa Filho, Dilma Ferreira, Cezinha dos Olhos Dagua e Carol Pereyr.
    Com o apoio de toda Imprensa feirense o TRIO DA CIDADE foi conquistando ao público trazendo cada ano um tema e uma personalidade a ser homenageada. Com mais de 30 Artistas já consagrados na Micareta que iniciaram no Trio da Cidade,  Celiah reconheceu que são hoje a maior “Escola de Cantores de Rua da Bahia”.  Celiah fala que não tem como manter a tradição sem preparar novas vozes.
    Dilma Ferreira, Asa Filho, Carol Pereyr, Sandro Penelú, Cezinha dos Olhos Dágua, Tanny Brasil, Janno, Karla Janaina, Kelly Ventura, Juliana Grace, Paula Sanffer, Bruno Bezerra, Jose Ventura, Sara Reys, Paulinha, Bárbara Nunes, Rebeca Sanches, Zaque, Zé Aaraújo, Nenem do Acordeon, Ramon Cruz, Marcelo, Paulo Bindá, Venus Carvalho, Dilla Costa, Julinha e Marcelo da Pegou Geral, Coral Maestro Miro e tantos outros Artistas os quais só temos a agradecer pela grandeza da cultura feirense...
    O Trio da Cidade já homenageou ao Sertão baiano, a Georgina de Melo Erisman autora do “Hino a Feira”, aos Maestros de Filarmônica Tertuliano Santos e Estevam Moura pelas lindas “Marchas de Carnaval”. Homenageou aos 100 anos de Chiquinha Gonzaga, cantaram em parceria com Luiz Caldas ao vivo para TVE. Em 2006 um grande momento que ninguém se esquece foi quando a Celiah Zaiin estava nos estúdios da TVE no circuito da folia, cantando o “Hino a Feira” , o prefeito Jose Ronaldo em outro estúdio chorava ao ouvir o hino enquanto um helicóptero sobrevoava a cidade e mostrava toda beleza ao vivo. Quem não se conteve também naquele momento foi o repórter Jonny que terminou a transmissão chorando.  o Trio da Cidade ainda homenageou ao s 100 anos do Frevo,  já fizeram o “Abraço Negro” em homenagem ao Yle Aiê, já fez campanha de Copa do Mundo trazendo os hinos mais famosos da copa, já homenageou os 100 anos do samba até que no ano passado completou 15 anos na avenida com uma grande festa chamada “Baile dos Debutantes”.

AUTORIA: Celiah Silva



MAIS UM BELÍSSIMO PROJETO DE ESQUENTA MICARETA

O Mercado de Arte Popular tem sido contemplado semanalmente com o Projeto Ensaios de Micareta sob o patrocínio da Fundação Egberto Costa e apoio do Settedec

Publicado em: 10/04/2018 - 23:04:48

    O Mercado de Arte Popular foi palco  de mais um encontro de artistas da cidade nos Ensaios de Micareta no último sábado,07. Se apresentaram os cantores Mano Gavazza, Márcia Porto, Djalma Ferreira e sua convidada Luciana Alves.
    A novidade deste Ensaio foi a volta do cantor Djalma Ferreira, que foi o primeiro artista a se apresentar no projeto. “Eu sou suspeito de falar sobre o evento por ter iniciado, e ver que deu certo é maravilhoso”, conta emocionado.
    Tão certo quanto os Ensaios no MAP, é a presença da aposentada Heloísa de Santana de 79 anos, que vem acompanhando o evento desde o início. Alegre e com uma disposição de dar inveja, Dona Heloísa esbanja jovialidade e bom humor. “O que me motiva a estar aqui todos os sábados é a vontade de viver, que eu tenho. Não existe idade para se divertir e viver a vida, a idade da gente é na cabeça”.
    Dona Heloísa conta que já foi rainha e princesa da micareta e que marca presença todo ano.  “Eu sempre curti micareta, quinta na praça, eu saio no bloco Bacalhau na Vara, saía no Abraçaê, Esse evento é uma maravilha foi a melhor coisa que fizeram aqui no Mercado pra gente. Porque eu mesma não saio a noite, então a oportunidade que tenho de me divertir, é aqui”, ressalta.
    A cantora Márcia Porto se apresentou pela primeira vez no Ensaio junto com o cantor Mano Gavazza. Ela destaca como a iniciativa reforça a cultura e valoriza os artistas locais. “É uma oportunidade maravilhosa, estou muito feliz de estar fazendo parte desse esquenta, que é uma forma de convocar o povo para a maior e melhor micareta do Brasil. É um local seguro e bacana. Eu estou emocionada de estar aqui pois é uma oportunidade de valorização da cultura e dos artistas locais”.
D. Heloisa    O cantor Djalma Ferreira ainda se apresentará nos dois últimos ensaios que acontecerão nos dias 14 e 28 de abril, sendo este último, a ressaca da micareta. Os Ensaios de Micareta é uma realização da Fundação Egberto Costa com apoio da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico.

AUTORIA: Release da ASCOM FUNTITEC - Laiane Ferraz
Fotos




8ª MOSTRA SESC DE ARTES ALDEIA OLHOS D’ÁGUA


Publicado em: 04/04/2018 - 15:04:55

    O Serviço Social do Comércio (Sesc), uma das grandes empresas fomentadoras de arte e cultura no Brasil, promoverá em Feira de Santana a oitava edição da Mostra Sesc de Artes Aldeia Olhos D’Água, cuja missão é contemplar a comunidade feirense com espetáculos artísticos de alta qualidade. Esse evento ocorrerá no período de 06 a 14 de abril do corrente ano, com atrações locais, estaduais e de outros estados, abrangendo várias linguagens de arte, integrando a primeira etapa do Festival Palco Giratório na cidade.
    Nesse espírito, a 8ª Mostra Sesc de Artes Aldeia Olhos D’Água oferece aos feirenses:
    Teatro: com as peças Desastro (Associação Conexões Criativas / BA); Os Cavaleiros da Triste Figura (Grupo Teatral Boca de Cena / SE); Leia Aê (Sim Produções / BA); Encarceradas / Recorte de Teatro / BA); O Justo (Conto em Cena / BA); Oficina: Oficina de Super Poderes (Associações Conexões Criativas / BA) e Oficina Danças Urbanas (Deko Alves / BA)
    Música: por meio dos shows Por do Sol (Grupo Duo Ifé / BA) e Luau da Bossa (Baiana Bossa / BA);
    Cinema: através das exibições dos filmes O Serviço de Entrega da Kiki (1989) – Ao completar 13 anos, a jovem bruxa Kiki, deve seguir a tradição de todas as bruxas, mudar-se para uma cidade na qual não haja nenhuma bruxa e passar lá um ano morando sozinha em uma espécie de “estágio”. Após achar uma cidade à beira mar, Kiki e seu gatinho Jiji tentam se adaptar a nova vida cheia de desafios e aventuras);
    A Viagem de Chihiho - Chihiro é uma menina esperta de 10 anos, que está de mudança com seus pais para uma cidade do interior. Durante a viagem eles se perdem, mergulhando em um mundo encantado, habitado por fantásticas criaturas, o mundo dos deuses. Para salvar seus pais e voltar ao nosso mundo, Chihiro terá que ter muita humildade, coragem e determinação.
    É com muito prazer, convidamos toda a comunidade local e circunvizinha para este evento de interação cultural, nas datas supracitadas.


AUTORIA: Ana Silmara Rabelo Freitas Santos



LEIA MULHERES FEIRA DE SANTANA


Publicado em: 03/04/2018 - 10:04:52

    O leia mulheres é um projeto que tem como objetivo disseminar e incentivar a leitura de escritoras. Inspirado no projeto homônimo criado pela escritora Joanna Walsh, o #readwomen2014 (#leiamulheres2014) que consistia basicamente em ler mais autoras. Clubes de leitura se formaram em São Paulo e no Rio de Janeiro e ao longo do tempo têm surgido em outras cidades do país.
    Abertos a participação de todos, os clubes contam com reuniões regulares para a leitura e discussão de obras literárias escritas por mulheres.
    O clube terá seu nono encontro na cidade de Feira de Santana. Com uma roda de discussão sobre o livro O que é lugar de fala, da Djamila Ribeiro no dia 07 de abril, próximo sábado.
    Mediadoras: Larissa Rodrigues e Mariana Paim
    Para mais informações sobre o projeto acesse o site do Leia Mulheres: http://leiamulheres.com.br/
    O quê: Leia Mulheres- nona edição
    Quando: 07/04/2018 das 15:00 às 17:00
    Onde: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira
    Entrada Gratuita

AUTORIA: Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira



Mais Notícias

    Pelo menos 87% das demissões nas médias e grandes empresas hoje ...

    Conveniado pelo governo da Bahia e governo federal, o projeto “Da Quixab...

    A Rádio Sociedade começou 2018, ano em que completa 70 anos no a...

    O Metrópole Espaço Multicultural abre suas portas para o artesan...

    Decorrente da nossa origem cristã e com influência de manifesta&c...

    Neste domingo (17), a partir das 9 horas, o projeto Circula Beco vai levar mui...

    Vem aí a segunda realização do Café Dramáti...

Secretaria de Desenvolvimento Social e Secretaria (SEDESO) de Prevenção a Viol&eci...

    O fotógrafo e professor doutor da Escola de Comunicações ...


Página de 24
| | | | |

 

Apoio Cultural:


New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados