menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Alberto Peixoto
-Emanoel Freitas
-Luís Pimentel
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandro Penelú
 
 
 
EXPOSIÇÃO “MANDALAS, CONEXÃO NATUREZA”


Publicado em: 28/02/2024 - 12:02:08

A Universidade Estadual de Feira de Santana, por meio do Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA) e da prestigiada Galeria de Arte Carlo Barbosa, abre suas portas para receber a inspiradora exposição “Mandalas, Conexão e Natureza”, apresentando as obras da talentosa artista Nanda Brito.
Com uma fusão de cores, formas e simbolismos, a exposição promete transportar os espectadores para um universo de contemplação e conexão com a natureza, através das intricadas mandalas concebidas pela artista.
O evento de lançamento está agendado para o dia 01 de março de 2024, às 19h, na Galeria de Arte Carlo Barbosa, localizada dentro do CUCA. A abertura será marcada por uma atmosfera de celebração artística, onde os presentes terão a oportunidade de mergulhar nas obras de Nanda Brito e explorar as múltiplas camadas de significado por trás de cada mandala.
A Galeria de Arte Carlo Barbosa convida entusiastas da arte, apreciadores da natureza e todos os interessados a se juntarem a nós nesse evento especial. Sua presença é fundamental para enriquecer essa experiência única de imersão artística.
Para mais informações, entre em contato com a Galeria de Arte Carlo Barbosa - GCB.
Seja parte desse momento inspirador e conecte-se com a beleza e a harmonia das mandalas na Exposição “Mandalas, Conexão e Natureza”.
 




JOÃO BOSCO - 101 LIVROS - UM A CADA MÊS


Publicado em: 31/01/2024 - 16:01:52

Este livro é uma homenagem ao escritor baiano Antônio Torres da Cruz. Um pequeno estudo, a partir das pesquisas de importantes autores como Aleílton Fonseca, Ana Célia Coelho, Ana Clara T. L. Almeida, Carlos C. Mascarenhas de Souza, Claudio Cledson Novaes, Cristiana da Cruz Alves, Ivana Teixeira F. Gund, Miriam Sumica C. Rios, Eliana de Freitas Chiossi, Elvya Shirley Ribeiro Pereira, Eugênia Mateus de Souza, Jaqueline Cardoso da Silveira,  Jeane Fritas dos Reis,Rita Olivieri-Godet,  Roberto H. Seidel, Roland Walter e Solange A. Fioravanti.
Torres nasceu em 1940 no distrito de Junco, hoje Sátiro Dias, no sertão, onde fez o curso primário e escrevia cartas dos moradores da cidade. Ajudava o padre, nas missas em Latim.  
Na ABL é o 8º ocupante da Cadeira nº 23, eleito em 7/11/2013, na sucessão de Luiz Paulo Horta, recebido em 9 de abril de 2014 pela Acadêmica Nélida Piñon. Ocupa a cadeira 9 da Academia de Letras da Bahia (ocupada anteriormente por João Ubaldo Ribeiro).
 




O REIS “ROUBADO” DE TIQUARUÇU

A politicagem priva Tiquaruçu de seu maior e mais importante evento, prejudicando, inclusive, a sede (Feira de Santana), e a tradição local!

Publicado em: 05/01/2024 - 10:01:20

    A Folia de Reis, Companhia de Reis, Reisado, Festa do Divino, Festa de Santos Reis, a denominação que modifica de acordo com cada região do Brasil, é uma cerimónia pública, um auto popular de grande devoção que pretende rememorar a jornada dos reis Magos, a partir do momento em que eles recebem o aviso do nascimento, até encontrem Jesus na manjedoura.
    A festa tem origem europeia, onde ocorre em quase todos os países, e foram trazidas para o Brasil e América Latina pelos colonizadores portugueses e espanhóis,  segundo o folclorista Câmara Cascudo: "o reisado pode ser apenas a cantoria como também possuir enredo ou série de pequeninos atos encadeados ou não". No Reisado de São Vicente a “Alvorada”, fase da festa em que os “cortejo de pedintes”, sai ao amanhecer cantando versos religiosos ou humorísticos, e visitando a casa de moradores adeptos ao auto, ocorre do mesmo modo em alguns outros autos sacros, é de rara beleza, pela própria característica do festejo.
    As visitas das casas da região, onde ocorre os reisados, nesse dia, tocando músicas e dançando para celebrar o nascimento de Jesus e o encontro com os três Reis Magos, guardam características próprias e regionais, sendo comum que  em troca da visita (que é um prestígio e uma distinção ser escolhido), os moradores das casas visitadas ofereçam comidas e prendas.
    O reisado de São Vicente é uma tradição antiga no Distrito de Tiquaruçu. Segundo informam os moradores da região, existe há mais de duzentos anos, se mostrando uma festividade enraizada na cultura local, que vem atravessando muitas gerações.
    Asa Filho que durante muitos anos presidiu a Associação do Reisado, afirma:"A festa ocorre em toda Europa, e aqui no Brasil várias festas existem, principalmente no Nordeste. Nós de Tiquaruçu temos uma tradição genuína, pois agregamos isso a um festejo de confraternização anual, que marca o fim do período natalino". Faz parte e dá início ao Calendário de Eventos Oficiais do Município, se destacando entre as atividades culturais e religiosas de Feira de Santana.
    Em matéria publicada no site de Prefeitura pela Secom, Asa Filho ainda informa que: “a tradição de Tiquaruçu é marcada pelo apelo emocional de diversas pessoas que vêm de longe para confraternizar com suas famílias. Assim, tradicionalmente as famílias se reúnem, trocam suas roupas e objetos de decoração por peças novas, e até batizam seus filhos, a fim de celebrar a chegada do ano novo.”
    Em Tiquaruçu, ainda segundo informações de Asa Filho, o início dos festejos se dá com as celebrações do tríduo na igreja de Tiquaruçu, que ocorrem entre os dias 4, 5, 6 de janeiro, e no domingo posterior ao efetivo dia de Reis (06/01) também acontece o cortejo do Desfile de Reis, ponto alto da festividade. Até 2023 cerca de 15 pessoas participavam do Reisado, além da população que vai até as ruas celebrar junto aos cortejos: “A tradição vem sendo mantida pela fé do povo. O distrito, por mais pobre que seja, é rico nessa tradição, e nós a abraçamos porque o povo a conclama”, como afirma Asa.
    A Prefeitura Municipal com objetivo de apoiar a festa, que atualmente está prevista no Calendário de Eventos Oficiais do Município, e que fica ao encargo da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, monta ao lado da Igreja de Tiquaruçu um palco, e contrata bandas para animar os finais de semana concomitantes ou posteriores ao festejo, atividade que a população apoia, mas que não faz parte da tradição religiosa, e que descaracteriza o auto que deveria ser mais religioso do que profano.
    Há alguns anos, Asa Filho, no período da festa de Reis, tem replicado em Feira de Santana, a comemoração à Folia de Reis (Reisados) com um pequeno cortejo que se encerra na sede da Cidade da Cultura, e que este ano será enriquecido pelo grupo do “Reisado Estrêla de Belém”, e apoio do próprio Asa Filho e Neném do Acordeom.

O CANCELAMENTO DO REISADO DE TIQUARUÇU EM 2024

    A Prefeitura Municipal de Feira de Santana, cancelou uma tradição que existe há aproximadamente dois séculos, sob a alegação de pendência na aprovação da Lei Orçamentária do Município para 2024 pela Câmara de Vereadores. Na verdade há um questionamento jurídico a cerca da validade de uma seção da Câmara de Vereadores que aprovou o orçamento, e outra que pretendia ainda discutir o mesmo, que segundo a Presidente da Casa já estava aprovado. IMPRESSIONANTE! O motivo de um evento que aconteceria nos primeiros dias do ano dependia de um orçamento que entraria em vigor no dia primeiro do ano, ou seja, contratações de artistas, montagem de palcos e os demais preparativos seriam feitos em apenas quatro dias.
    O Site Conectado News, em matéria assinada por Hely Beltrão, transcreve a justificativa do Secretário de Esporte Cultura e Lazer, Jairo Carneiro Filho: “disse que o cancelamento é devido a esse impasse na Justiça, e que todas as secretarias estão afetadas.”, o impasse criado pela aprovação do Orçamento para 2024.
    Não há dúvidas da mal vontade do poder público municipal com a arte e a cultura de Feira de Santana. Várias atividades artísticas e culturais deixaram de ser realizadas, como: Festival Vozes da Terra, Festival Gospel, Teatro Vai aos Bairros, Natal Encantado, Expofeira e muitas outras.

AUTORIA: Viva Feira



JUSTÍSSIMA HOMENAGEM - Deu no Blog da Feira: Cordelista Jurivaldo Alves, Cidadão Feirense

- Nascido em Baixa Grande construiu em Feira uma história admirável, levando o nome de nossa cidade a outros torrões do Nordeste, nos conferindo prestígio cultural Brasil afora!

Publicado em: 20/12/2023 - 16:12:22

    O folheteiro e cordelista Jurivaldo Alves da Silva recebeu no dia 14 próximo passado, dupla homenagem na Câmara Municipal: além do título de Cidadão Feirense, foi agraciado com a Comenda Maria Quitéria. A homenagem é mais que merecida. Afinal, há décadas o cordelista nascido em Baixa Grande peleja pela cultura popular, nordestina, sertaneja.
    No discurso de agradecimento – que lembrou muito aqueles bate-papos informais, descompromissados, dos sertanejos de Baixa Grande – ele contou casos, relembrou antigas aventuras como folheteiro e exaltou algumas das personalidades do cordel, como o falecido Antônio Alves.
    Chegou à Feira de Santana “em 60 e poucos”, conforme frisou e, no dia seguinte, já carregava cesto na cabeça trabalhando na feira-livre do antigo mercado, que hoje é o Mercado de Arte Popular, o MAP. Atualmente, a propósito, ele tem box no mesmo MAP, depois de muito pelejar vendendo cordel em praças e calçadas.
    Com orgulho, ele relembra que suas cinco décadas militando pelo cordel levaram-no a ser reconhecido no Brasil inteiro e também fora das fronteiras do País. Não é incomum a presença de turistas lá no MAP, com a finalidade de conhecê-lo.
    Na solenidade, o repentista Ceará fez reverberar no Legislativo um repente em homenagem ao novo Cidadão Feirense. Antônia Patrícia, filha do cordelista, homenageou-o lendo na tribuna o cordel “A história do folheteiro Jurivaldo Alves da Silva”.
    As duas homenagens foram propostas pelo vereador Correia Zezito. Nem sempre o Legislativo feirense é feliz na concessão de suas honrarias. Mas, desta vez, foi duplamente feliz. Jurivaldo Alves merece a distinção, por sua longa colaboração para manter viva a cultura sertaneja.

AUTORIA: Materia publicada no Blog da Feira - Jânio Rego



TALITHA COSTA E OUTROS BAIANOS FAZEM DOBRADINHA E ENCANTAM AO INTERPRETAR GRANDES CANÇÕES

Noite festiva foi aberta pelo Coral da Cidade se que apresentou das janelas do Paço Municipal

Publicado em: 20/12/2023 - 13:12:16

A simpática e talentosa cantora Talitha Costa, dona de uma das vozes mais afinadas, encantou o público ao lado do grupo Outros Baianos, como convidado especial dentro da programação natalina, na noite desta terça-feira (19). Eles deram um show de apresentação que embalou o público do início ao fim.
Com um repertório recheado de canções de grandes cantores e compositores brasileiros, como Gilberto Gil, Renato Teixeira, Gonzaguinha e Lulu Santos, brindaram as comemorações de final de ano.
A noite festiva foi aberta com o Coral da Cidade com Celia Zain, que se apresentou das janelas do Paço Municipal Maria Quitéria (sede da Prefeitura), transmitindo mensagens de fé, amor, paz e esperança, e do show do cantor Valério Ribeiro.

HOJE À NOITE
A programação natalina desta quarta-feira (20) começa às 17h com o coral Natal das Estrelas Preciosas – Orgulho Autista, seguido do espetáculo da Earte, às 18h, e por fim do show de Márcia Porto às 19h.  Todas as apresentações acontecem no palco montado no estacionamento da Prefeitura e seguem até a próxima sexta-feira (22).
 
 

AUTORIA: Release da Ascom da Prefeitura de Feira de Santana



OCUPAÇÃO II - MOSTRA COLETIVA DE ARTES


Publicado em: 19/12/2023 - 17:12:13

A OCUPAÇÃO é um movimento que surge da inquietação e necessidade dos artistas locais ocuparem e movimentarem os espaços culturais, públicos e populares da cidade de Feira de Santana.
Na primeira edição da Mostra Coletiva, o Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira - MAC, abriu suas portas para receber a cena cultural e artística da cidade, com muita ousadia e movimento consolidaram essa ação e hoje, o Museu tem o prazer de sediar mais uma edição da OCUPAÇÃO II, com curadoria de Tatiane Alves, Luciano dos Anjos e co-curadoria de Vivaldo Lima e Dan Luz.
Portanto, entre os dias 22 de dezembro a 23 de fevereiro, o Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira (MAC), realizará a exposição “Ocupação II: Um lugar de Pertencimento”, que contará com obras de mais de 50 artistas em suas diferentes linguagens, como desenho, pintura, escultura, fotografia, audiovisual, instalação, mosaico entre outras técnicas.
Nesta segunda edição, a Ocupação, ao invés de lutar pela abertura dos museus, luta também pela abertura da mente de todo público para duas realidades: a primeira, de que o museu é um lugar de pertencimento para todo e qualquer artista, desde o mais consagrado ao iniciante, pois a arte, é em sua essência um lugar de democracia e acessibilidade. A segunda é de trazer uma consciência do artista e sua arte, enquanto uma possibilidade de subsistência digna. Arte também é trabalho. E assim, Feira volta a respirar arte, especialmente as artes visuais, tudo flui para um fazer artístico. A arte é movimento coletivo e transformador.A abertura da exposição ocorrerá nesta sexta-feira (22/12) às 19h, ficará em exibição de terça a sexta das 08h às 17h, e aos sábados à tarde de 13h às 17h com entrada franca.
Não percam! Esperamos por vocês para fechar o ano com muita arte!
 

AUTORIA: Release da Ascom da Prefeitura de Feira de Santana



ANA DA MANIÇOBA COMEMORA OS 60 ANOS DO SEU PRIMEIRO RESTAURANTE


Publicado em: 23/11/2023 - 11:11:05

Com imenso amor, alegria e orgulho, compartilho este texto dedicado a Ana Beirão, conhecida como Ana da Maniçoba, uma luz que ilumina a Terra. Segundo Oydema Ferreira, ela é descrita como "um anjo bom, a verdadeira pérola Negra, uma Joia Rara que já ajudou milhares de pessoas." Tenho a honra e o privilégio de tê-la como avó.
No mês da consciência negra, Ana celebra seus 85 anos em 24/11/2023, e em 18/11/2023, seu primeiro restaurante completa 60 anos. Essa marca temporal reflete anos de trabalho honesto, dignidade, afeto e uma generosa dose de amor, cuidado e resiliência em tudo o que faz.
Alcançar 60 anos de sucesso em um ramo comercial exige competência, honestidade, humildade, verdade e justiça, todas qualidades presentes em Ana. Ela expressa sua gratidão a clientes, amigos e familiares que contribuíram para essa jornada.
Palavras são insuficientes para expressar o sentimento de amor, gratidão e orgulho que temos por nossa avó. Agradecemos, vovó, por ser amor, exemplo, afeto, solidariedade, justiça, sabedoria e resiliência. No sábado, dia 18, estivemos em seu primeiro restaurante, desfrutando do maior patrimônio que ela nos proporciona: o amor. Viva Ana da Maniçoba, seu legado e o exemplo de sua extraordinária trajetória de vida.

AUTORIA: Deu no Blog Da Feira



FESTA DO VAQUEIRO MAIS ANTIGA DO MUNICÍPIO MOVIMENTOU O POVOADO DE SOCORRO NO FINAL DE SEMANA

Evento uniu fé, cultura e tradição

Publicado em: 22/11/2023 - 15:11:15

No último final de semana (19 e 20, sábado e domingo), o povoado de Socorro, no distrito de Tiquaruçu, foi palco da comemoração da 53ª edição da Festa do Vaqueiro - é a festividade do gênero mais antiga em Feira de Santana. O evento teve início com uma missa, onde se pediu proteção para todos os vaqueiros, e transcorreu entre música, fé e lazer, movimentando a comunidade de Tiquaruçu.
Vivi do Socorro, o organizador do evento, compartilhou sua história: "Eu e um amigo, que Deus o tenha, dissemos ´não, Vivi, vamos fazer uma festa dessas.´ A primeira tinha apenas 28 vaqueiros, a segunda teve 40; é a festa mais antiga do município".
A organização salienta também a importância do evento para impulsionar as vendas no comércio local.
A participação constante de Ireni da Conceição, presente em todas as edições, e de Jota Campos, que, junto com seu parceiro Roni Rei como aboiador, contribuíram para o sucesso do evento.
Após uma reunião em frente à igreja, os vaqueiros desfilaram até a sede do distrito, e durante o percurso, junto à população, todos aproveitaram a programação musical com as bandas Estilo Romance e Juventude do Arrocha.
Este ano, o evento celebra 53 anos de existência, consolidando-se como uma tradição viva que une a comunidade em torno da cultura e da homenagem aos vaqueiros. 
 

AUTORIA: Release da Ascom da Prefeitura de Feira de Santana



COMEMORAÇÃO DO DIA DA CONCIÊNCIA NEGRA EM FEIRA DE SANTANA OCORREU NA AVENIDA GETÚLIO VARGAS


Publicado em: 22/11/2023 - 10:11:44

O Ato da Consciência Negra em Feira de Santana, realizado na Praça da Alimentação na Avenida Getúlio Vargas em 20 de novembro, contou com a participação de diversos movimentos sociais, entidades negras e organizações. O Movimento em Defesa da Democracia Contra o Fascismo em Feira e Entidades Negras convocaram o evento.
Presenças marcantes incluíram representantes de Movimentos Sociais, Entidades Negras como MNU, Frente Negra Feirense, Moviafro, Unegro, Organizações Quilombolas, Movimentos de Mulheres, Entidades Sindicais, além de partidos de esquerda como PT, PC do B, PSol, PCO, e Movimentos Populares. Vereadores do Campo Popular, como Silvio Dias PT e Jonatas do PSol, estiveram presentes, assim como diversas lideranças das organizações envolvidas.
O Ato, que teve um caráter político e cultural, contou com a participação de artistas e bandas locais, como Afropop, Gilsan, Tulipa Negra, entre outros. Durante as falas, foram reconhecidas as lutas de figuras como Zumbi dos Palmares, Dandara, Jorge de Angélica e Mãe Bernadete, esta última vítima de um brutal assassinato em Simões Filho.
Além de homenagear essas figuras importantes, as falas denunciaram questões cruciais, incluindo o racismo estrutural, os assassinatos de lideranças quilombolas e do MST, bem como o genocídio da população negra. As lideranças presentes defenderam os direitos dos trabalhadores do campo e da cidade, políticas públicas para a população negra, promoção da igualdade racial, investimentos na saúde da população negra e a necessidade de uma reforma agrária popular.
Elisio Santa Cruz Guedes, ex-dirigente da Executiva da Cut na Bahia, desempenhou um papel central na coordenação do Ato da Consciência Negra em Feira de Santana-Ba. Atualmente, ele lidera o Movimento Em Defesa da Democracia Contra o Fascismo em Feira de Santana-Ba e a Coordenação da Frente Brasil Popular. Elisio é reconhecido como fundador tanto da CUT Nacional quanto da CUT Ba.
Com formação técnica em Agricultura e Economia, Elisio possui uma pós-graduação pela Universidade Federal da Bahia. Sua trajetória reflete uma dedicação significativa às questões sociais, evidenciada não apenas por seu papel em movimentos e coordenações, mas também por sua formação acadêmica abrangente.
 




Mais Notícias

O Programa de Extensão de Formação e Práticas Musicais (Performa) da...

    Foi lançada oficialmente nesta sexta-feira (26) no teatro do Sesc Feira...

    O Tito Pereira Trio nos agracia com uma musicalidade forjada pela paixã...

    A banda Sal estará neste sábado (19), às 19h, na Sert&ati...

    O Miss Brown Café tem a honra de receber duas vozes incríveis qu...

    Realizada na manhã da terça-feira (16), a Aula Magna da Universi...

    O Museu Parque do Saber recebeu cerca de 160 estudantes das escolas Guril&acir...

    Em evento realizado na tarde desta quinta-feira (10), a Uefs Editora lan&ccedi...

    Um público diversificado se fez presente, incluindo a Presidente do Con...

    Neste domingo (6) tem mais uma edição dos projetos Arte na Aveni...


Página de 31
| | | | |

 

Apoio Cultural:


© 2024 - Todos os direitos reservados - www.vivafeira.com.br