menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Alberto Peixoto
-Emanoel Freitas
-Luís Pimentel
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandro Penelú
 
 
 
COMUNICADO À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA E À SOCIEDADE EM GERAL

A Reitora da Universidade Estadual e Feira de Santana, por carta, através da Ascom da Uefs, comunica a sociedade feirense, o pedido de afastamento da Vice-reitora, Profa. Dra. Evanilda Souza de Santana Carvalho, da função, para tratamento de saúde.

Publicado em: 17/06/2024 - 15:06:55

    A vida nos apresenta caminhos inesperados e, às vezes, precisamos fazer escolhas difíceis para cuidar do que é precioso e essencial. Hoje, 17 de junho, queremos compartilhar com a comunidade universitária e a sociedade em geral uma notícia que traz em si, acima de tudo, a necessidade de compreensão e acolhimento.
    A Vice-reitora, Profa. Dra. Evanilda Souza de Santana Carvalho, nossa querida professora Eva, apresentou na manhã desta segunda-feira (17) sua carta de renúncia ao cargo, motivada pelo seu atual estado de saúde. Nós, gestores e gestoras, acompanhamos de perto o delicado histórico de saúde da Profa. Eva que, subitamente, passou a exigir um novo grau de atenção e cuidado. Em função de uma recomendação médica de afastamento temporário, a Profa. Eva tomou a difícil decisão de renunciar ao cargo. Entendemos a complexidade dessa decisão e a apoiamos integralmente, sabendo que, neste momento, se afastar das suas atividades laborais é o melhor caminho para seu bem-estar.
    Nossa gestão sempre colocou as pessoas em primeiro lugar, e a saúde da Profa. Eva é de extrema importância para todos nós. Este é um momento para demonstrarmos nossa empatia e compreensão, reconhecendo a profundidade do seu compromisso com a universidade. A atitude da nossa sempre corajosa professora nos inspira a seguir com afeto, gratidão e esperança, enquanto continuamos trabalhando pela nossa Uefs
    Na sessão do Conselho Universitário (CONSU), a carta de renúncia foi lida e a vacância do cargo foi oficializada. Queremos tranquilizar a todos de que os trabalhos acadêmicos e administrativos continuarão firmes, e a vacância do cargo de Vice-reitor será preenchida dentro dos limites legais.
    Neste momento, a nossa única urgência é expressar nosso carinho e apoio à Profa. Eva Carvalho. Sua dedicação, luta e amor pela universidade nos tocam profundamente. Cada passo dado por ela em nossa instituição deixa uma marca de inspiração e força. Toda a comunidade universitária está unida desejando à professora, colega e acima de tudo amiga, uma recuperação plena.

Amali de Angelis Mussi
Reitora

AUTORIA: Release da Ascom da UEFS



ESTUDANTE DA UEFS VAI DA GRADUAÇÃO PARA O DOUTORADO NA INGLATERRA

A Universidade Estadual de Feira de Santana comprova sistematicamente a excelência na qualidade de ensino através de resultados concretos, formando qualidade no mercado educacional brasileiro.

Publicado em: 04/06/2024 - 21:06:05

    Da graduação para o doutorado na Inglaterra. É assim que o egresso da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Igor dos Santos Mota, de 24 anos, vai dar sequência aos estudos e pesquisas que já realiza. Formado em  Letras com Inglês em 2024, o baiano do Povoado de Bela Vista, município de Cansanção, irá estudar por quatro anos Ph.D. em Educação, a partir do final de junho, na cidade de Derby. A entrevista para o doutorado aconteceu antes mesmo da defesa do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e a aprovação chegou dois dias depois da defesa.
    O jovem pesquisador vai trabalhar com a proposta de decolonizar o currículo universitário. Segundo Igor, não há muitos estudos no campo das políticas linguísticas voltadas para o continente africano e uma das propostas do TCC defendido por ele era incluir novas vozes na conversa. 'Enquanto um estudioso das políticas linguísticas educacionais, reconheço que o currículo, seja ele formal ou oculto, é uma política, que serve a interesses sociais, culturais e históricos, de manutenção ou não de um status quo. É fulcral pensar o porquê de nossas referências na academia ainda serem majoritariamente europeias, brancas e cis-hétero-patriarcais', explicou.
    Ano passado, Igor foi bolsista de mobilidade acadêmica da Assessoria Especial de Relações Institucionais (Aeri) da Uefs. O jovem ficou um semestre acadêmico em Portugal, onde cursou cinco disciplinas na Universidade do Minho. 'Foi uma experiência muito desafiadora, mas única. Academicamente, serviu para me ensinar que a qualidade do nosso ensino público não perde em nada para boas instituições portuguesas. Pessoalmente, durante o intercâmbio pude conhecer novas culturas, falar novas línguas, visitar novos lugares, me conectar com novas pessoas', afirmou.
    Antes do intercâmbio acadêmico, Igor participou de programas de ensino, pesquisa e extensão da Uefs, como bolsista e como voluntário. Ele acredita que a formação dentro do Núcleo de Línguas do Idiomas sem Fronteiras (NucLi-IsF) e do Programa Portal: ensino aprendizagem de línguas foi fundamental na aprovação do doutorado. 'Foi dentro desses programas que eu pude desenvolver, antes de tudo, minha experiência profissional, enquanto professor de línguas, e minhas habilidades de escrita científica e comunicação acadêmica. Foi lá que eu me encontrei e me enxerguei enquanto cidadão do mundo. Sem o currículo que as equipes NucLi-IsF e Portal me deram eu não teria me destacado entre os colegas de outros países ou entre os outros candidatos à vaga do Ph.D', ressaltou.
    Jovem, nordestino do interior da Bahia e oriundo de universidade pública, Igor dos Santos Mota quer deixar uma contribuição na área de educação. O desejo é transformar a sociedade a partir dos estudos. 'Acredito na educação libertária de Paulo Freire, a que estimula o pensamento crítico e fortalece o nosso esperançar de um mundo mais justo, plural e democrático. Foi a Educação que transformou a vida da minha mãe, Railda Mota, minha primeira referência de educadora. E foi ela quem transformou a minha vida (e a de muitos alunos dela), me inspirando a ser o profissional que sou hoje e o futuro doutor que serei brevemente'.

AUTORIA: Release da Ascom da UEFS



FESTIVAL DA UEFS EXPLORA A DIVERSIDADE INSTRUMENTAL DA SANFONA


Publicado em: 27/05/2024 - 20:05:11

    A multiplicidade e profusão de sons que podem ser criados através do manejo da sanfona vão estar em evidência em mais uma edição do Festival de Sanfoneiros da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). O evento, em sua 13ª edição, está programado para a próxima quarta-feira (29), a partir das 17h30, no Auditório Central do campus universitário,  e reunirá finalistas de diferentes estados do Brasil.
    Para esta edição, foram selecionados 9 sanfoneiros: 3 para categoria nacional; 2 na categoria regional nordestina até 8 baixos; 2 para categoria regional nordestina acima de 8 baixos; e 2 na categoria infantojuvenil. O público este ano poderá interagir com os finalistas, enviando perguntas e comentários sobre as apresentações, durante o evento.
    O Festival de Sanfoneiros, realizado pelo Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca), terá entrada gratuita e diversas atrações. A abertura ficará por conta do 'Som da Mata', grupo do Vale do Capão formado apenas por mulheres, que apresenta músicas autorais e tradicionais de gêneros como ciranda, coco, ijexá, samba e forró. O grupo Raízes do Nordeste, banda de forró de Feira de Santana, também se apresentará no Festival.
    Um espetáculo multimídia também fará parte da programação, com participações musicais de DJ Shikuro (Feira de Santana-BA) e Valentina Sanfoneira (Vale do Capão-BA) e visualizações do VJ Bug Visuals (Salvador-BA). O público também contará com a 'Feira de Saberes e Sabores', espaço de comercialização de peças de artesanato e comidas típicas nordestinas.
    O 13º Festival de Sanfoneiros de Feira de Santana, de acordo com Geovane Mascarenhas, diretor artístico do evento, apresentará um espetáculo multimídia explorando a aparente dualidade entre o 'antigo' e 'moderno', o 'passado' e o 'futuro', o 'rústico' e o 'altamente tecnológico'.
    O evento marca o início das comemorações dos 48 anos da Uefs que será comemorado ao longo deste ano, com diversas outras programações.

AUTORIA: Release da Ascom da UEFS



UEFS PROMOVE DIÁLOGO INTERDISCIPLINAR ENTRE BRASIL E ESPANHA


Publicado em: 18/03/2024 - 15:03:35

    Nesta terça-feira (19) será realizada na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) a segunda edição do “Diálogos interdisciplinares entre Brasil/Espanha: desafios da pesquisa em territórios periféricos”. O evento é gratuito e vai ocorrer às 17h, no MT 47, módulo 4. Os interessados devem fazer inscrição através do link https://forms.gle/h54upRuporLYFHQy8. As vagas são limitadas e os inscritos vão receber certificado de participação.
    A programação do encontro inclui uma oficina sobre os desafios da pesquisa em territórios periféricos, buscando entender as dificuldades e a importância de ampliar as fronteiras da pesquisa. O evento vai contar com a presença dos palestrantes convidados Raúl Marquez, professor de Antropologia da Universitat de Barcelona, e Liana Viveiros, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia (Ufba).
    O evento é promovido pelo Programa de Extensão NPJ e pelo grupo de pesquisa Territorialidade, Direito e Insurgência, da Uefs, pelo Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da Ufba, e pelo Grupo de Pesquisa Lugar Comum.

AUTORIA: Release da Ascom Social da UEFS



GOVERNADOR ANUNCIA LICITAÇÃO PARA CONSTRUÇÃO DO CEB-UEFS II


Publicado em: 15/03/2024 - 11:03:46


    Em um evento realizado na manhã desta quinta-feira (14) no Museu de Arte Moderna (MAM), em Salvador, o governador Jerônimo Rodrigues lançou o projeto Construir para Educar, que resultará em um investimento de aproximadamente R$ 2,8 bilhões na construção de novas escolas, reformas e restauração da infraestrutura educacional em toda a Bahia.
    “Nós estamos dando continuidade ao que foi iniciado no governo anterior e investindo para garantir a modernização, ampliação e qualificação das escolas baianas. Nós também vamos apoiar alguns municípios, porque acreditamos que é importante haver consonância entre a educação do ensino médio e a educação do fundamental”, afirmou Jerônimo Rodrigues em seu discurso.
    As licitações para as obras serão publicadas no Diário Oficial do Estado, na sexta-feira (15). O projeto é realizado por meio de uma parceria entre as secretarias estaduais da Educação e do Desenvolvimento Urbano (Sedur), através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder).
    Dentre os projetos contemplados, destaca-se a construção do Centro de Educação Básica da UEFS II (CEB-UEFS) que receberá cerca de R$ 18 milhões em investimento, reunindo em breve, todas as séries do ensino fundamental em uma nova e moderna infraestrutura que será construída na Uefs.
    “Esta é uma vitória, um grande presente que o CEB-UEFS recebe nos seus 25 anos de existência. Este é o resultado de uma luta coletiva construída por várias mãos e corações e que, em particular, também contou com a atenção e eficiência do governo do Estado para o nosso pleito. É uma felicidade imensa e vamos comemorar!”, completa a reitora Amali Mussi, que esteve presente na capital baiana para o lançamento do projeto.

AUTORIA: Release da Ascom Social da UEFS



GOVERNADOR ANUNCIA LICITAÇÃO PARA CONSTRUÇÃO DO CE-UEFS II


Publicado em: 15/03/2024 - 11:03:45


    Em um evento realizado na manhã desta quinta-feira (14) no Museu de Arte Moderna (MAM), em Salvador, o governador Jerônimo Rodrigues lançou o projeto Construir para Educar, que resultará em um investimento de aproximadamente R$ 2,8 bilhões na construção de novas escolas, reformas e restauração da infraestrutura educacional em toda a Bahia.
    “Nós estamos dando continuidade ao que foi iniciado no governo anterior e investindo para garantir a modernização, ampliação e qualificação das escolas baianas. Nós também vamos apoiar alguns municípios, porque acreditamos que é importante haver consonância entre a educação do ensino médio e a educação do fundamental”, afirmou Jerônimo Rodrigues em seu discurso.
    As licitações para as obras serão publicadas no Diário Oficial do Estado, na sexta-feira (15). O projeto é realizado por meio de uma parceria entre as secretarias estaduais da Educação e do Desenvolvimento Urbano (Sedur), através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder).
    Dentre os projetos contemplados, destaca-se a construção do Centro de Educação Básica da UEFS II (CEB-UEFS) que receberá cerca de R$ 18 milhões em investimento, reunindo em breve, todas as séries do ensino fundamental em uma nova e moderna infraestrutura que será construída na Uefs.
    “Esta é uma vitória, um grande presente que o CEB-UEFS recebe nos seus 25 anos de existência. Este é o resultado de uma luta coletiva construída por várias mãos e corações e que, em particular, também contou com a atenção e eficiência do governo do Estado para o nosso pleito. É uma felicidade imensa e vamos comemorar!”, completa a reitora Amali Mussi, que esteve presente na capital baiana para o lançamento do projeto.

AUTORIA: Release da Ascom Social da UEFS



PROGRAMA UNVERSIDADE PARA TODOS INSCREVE ATÉ 19 DE MARÇO


Publicado em: 14/03/2024 - 16:03:55


    A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) abriu, nesta terça-feira,12 de Março de 2024, as inscrições para 19.426 (dezenove mil, quatrocentos e vinte e seis)  do Programa Universidade para Todos (UPT). As inscrições são gratuitas, devem ser realizadas no Portal da Educação http://processoseletivoupt.educacao.ba.gov.br/inscricao/informacoes e seguem até o dia 19 de Março de 2024.
    O curso pré-vestibular UPT é presencial, com carga horária de 20 horas semanais e aulas das disciplinas de Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia.
    No ato da inscrição, os interessados conferem os municípios que serão atendidos pela ação com os locais de funcionamento, o turno e o quantitativo de vagas. O programa é coordenado pela Secretaria da Educação e executado em parceria com as Universidades Públicas (UNEB, UEFS, UESB, UESC, UFRB, UFOB e UFSB).
    As inscrições para concorrer a uma vaga serão realizadas exclusivamente pela internet, no site www.educacao.ba.gov.br, através dos navegadores de acesso (Browser): Mozilla Firefox 3.5 ou superior ou Internet Explorer 7.0 ou superior.
    O candidato poderá esclarecer as dúvidas referentes à sua inscrição por meio do telefone 0800 285 8000, que funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 12h00 e das 13h30min   às 18h00min ou pelo e-mail upt@educacao.ba.gov.b

REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO
    Poderá se inscrever o candidato da rede pública do Estado, a seguir discriminados:
    Estiver regularmente matriculado, em 2024, no 3º ano do ensino médio regular estadual ou municipal ou suas modalidades correspondentes;
    Estiver regularmente matriculado, em 2024, no 4º ano da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio estadual ou municipal ou suas modalidades correspondentes;
    Egresso da rede pública de ensino estadual ou municipal do Estado da Bahia;

MATRÍCULA
    O candidato selecionado e convocado efetuará sua matrícula (presencial e/ou virtual) de 03 a 12 de abril/2024, de acordo com as especificidades das universidades parceiras.
    A matrícula somente poderá ser realizada pelo próprio candidato, assistido ou representado pelo pai, mãe ou responsável, se menor de 18 anos, ou por representante munido de procuração com firma reconhecida em cartório.

SELEÇÃO
    Para seleção e preenchimento das vagas serão observadas a opção formulada pelo candidato no requerimento de inscrição, quanto ao Município, local de funcionamento e turno que deseja cursar, e o aproveitamento escolar resultante do cálculo das médias finais obtidas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, transcritas pelo candidato no ato da inscrição.
    Na aferição do aproveitamento escolar do candidato que estiver cursando o 3º ano do ensino médio regular da rede pública de ensino do Estado da Bahia, serão consideradas as médias referentes ao 2º ano do ensino médio, e para o candidato egresso da Rede Pública de Ensino do Estado da Bahia, as médias referentes ao último ano do Ensino Médio e/ou modalidades correspondentes.
    Para o candidato que estiver cursando o 4º ano da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio do Estado da Bahia, serão consideradas as médias de Língua Portuguesa e de Matemática referentes ao 3º ano, e para o candidato que já concluiu as médias de Língua Portuguesa e Matemática do 4º ano.
    Para o candidato que estiver cursando o PROEJA Médio, serão consideradas as médias de Língua Portuguesa e Matemática do 4º módulo e para os candidatos que já concluíram as médias de Língua Portuguesa e Matemática do 5º módulo.
    Os conceitos registrados no histórico escolar, transcritos pelo candidato no formulário de inscrição, serão convertidos em notas, automaticamente, pelo Sistema.
    Para outras informações, acesse o Portal da Educação: http://www.educacao.ba.gov.br/universidadeparatodos

AUTORIA: Release da Ascom Social da UEFS



UEFS ADERE Á REDE NACIONAL DE COMUNICAÇÃO PÚBLICA


Publicado em: 13/03/2024 - 11:03:55


    As universidades estaduais e municipais agora também fazem parte da Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP). Mais 11 instituições aderiram a essa parceria, que possibilita a retransmissão de parte da programação da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). A assinatura ocorreu nesta quarta-feira (6), no Palácio do Planalto.
    Na ocasião, foram assinados acordos de cooperação entre a EBC e representantes de universidades estaduais e municipais, além de protocolos de intenção entre a EBC, a Associação Brasileira de Universidades Estaduais e Municipais (Abruem) e a Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU).
    Com a expansão, a RNCP/TV passa a contar com 117 emissoras e a RNCP/Rádio com 155. O total corresponde a emissoras que estão em operação e em fase de implantação. Desde janeiro de 2023, a ampliação do quantitativo de parceiros foi de 169%. 
    O diretor-presidente da EBC, Jean Lima, destacou a importância dessa parceria que chega a sua terceira etapa de expansão. Lima ressaltou ainda que em 2024, a diretoria da EBC concentrará seus esforços na regulamentação da CFRP (Contribuição para o Fomento da Radiodifusão Pública) com o objetivo de fortalecer a comunicação pública. 
    “Disputar orçamento público federal é o cerne para a efetivação de ações, iniciativas e políticas públicas para a radiodifusão pública no Brasil. Sem os recursos previstos na sua lei original, a EBC não conseguirá fazer os investimentos necessários para difusão da comunicação pública, para o aperfeiçoamento da qualidade dos serviços prestados e para o fortalecimento da nossa Rede, promovendo acesso à informação, aos conteúdos regionais, o combate às fake news e o avanço da democracia no Brasil. Sem um sistema público de comunicação forte, não existe democracia”, acrescentou.
    O secretário-executivo da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Ricardo Zamora, destacou que a expansão da RNCP é o projeto mais importante da pasta. “A gente trabalha a expansão da Rede, juntamente com a mudança da grade de programação da EBC. Agora temos a expectativa de fomentar a programação própria dos parceiros”, afirmou.
    Também participaram da cerimônia o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), Alexandre Brasil, e a secretária-executiva do Ministério das Comunicações, Sônia Faustino. . 
    A parceria da EBC com as universidades fortalece a comunicação pública, levando o melhor do conteúdo educativo, cultural, científico e informativo para milhões de cidadãs e cidadãos de todas as regiões do país. A RNCP possibilita o acesso gratuito a conteúdos regionais e nacionais de alta qualidade e credibilidade.
    Os presidentes da Associações Brasileira de Televisão Universitária (ABTU) e da Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), destacaram o papel das emissoras universitárias nos arranjos locais e da importância dos acordos para fortalecer os sistemas. 
    “Não vamos ser só receptores, os nossos conteúdos vão estar dentro da Rede e terão um alcance ainda maior”, pontuou Odilon de Morais, presidente da Abruem. “Esse é mais um marco na reconstrução da comunicação pública brasileira”, acrescentou Fabiano Pereira, presidente da ABTU.
    A reitora da Universidade Estadual de Feira de Santana, Amali Mussi, esteve presente na cerimônia e afirmou que "este é um importante passo para a nossa universidade e para o diálogo mais próximo com a sociedade sobre diversas pautas, em especial a divulgação científica".

RNCP
    A Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP), prevista na Lei de Criação da EBC, é formada por emissoras de TV e Rádio que atuam por todo o país, propiciando cultura e informação para milhões de brasileiros. A EBC é responsável pela formação da RNCP e investe no fortalecimento e expansão da rede.


AUTORIA: Release da Ascom Social da UEFS



PLEBÁRIA MACROERRITORIAL DE 5 CONFERÊNCIA ESTADUAL DE CIÊNCIA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Etapa da Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação acontece esta semana na Uefs

Publicado em: 05/03/2024 - 12:03:50

    Por Uma Bahia Mais Inovadora” será o tema da etapa macrorregional da Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, que acontece na próxima quinta-feira (07), no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).
    Representantes de mais de 50 municípios da macrorregião de Feira de Santana - Recôncavo, Agreste e Litoral Norte, e Portal do Sertão - vão participar da programação. O público vai acompanhar uma explanação sobre o Programa Bahia Mais Inovadora, além de participar de debates e apresentação de trabalhos por eixos temáticos. Ao fim do dia, ocorrerá uma plenária que vai reunir representantes dos Territórios de Identidade.
    A Mesa de Abertura do evento contará com a presença do secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, André Joazeiro, do coordenador da Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação e assessor de Planejamento e Gestão da Secti, Edson Valadares, da reitora da Uefs, professora Amali Mussi, e das pró-reitoras Silvone Santa Bárbara (Pesquisa e Pós-gradução) e Rita Brêda (Extensão).
    A Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), composta por plenárias que estão acontecendo em vários locais da Bahia, tem o intuito de orientar políticas públicas estaduais. Com foco na elaboração da Estratégia Nacional de CT&I (2024-2035) e na formulação de uma Nova Política Estadual.
    Para entrevistas com o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, André Joazeiro e a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Silvone Santa Bárbara, entrar em contato através deste e-mail.

AUTORIA: Release da Ascom Social da UEFS



Mais Notícias

    Em um evento realizado na manhã desta quinta-feira (14) no Museu de...

    A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) abriu, nes...

    As universidades estaduais e municipais agora também fazem parte da...

    Por Uma Bahia Mais Inovadora” será o tema da etapa macrorregional...

O Laboratório de Atividades Físicas (LAF), por meio do Projeto de Extensão ...

Estão abertas as inscrições para a 20ª Semana de Letras e Artes (Semal...

A Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (Propaae) informa qu...

Está disponível no site http://csa.uefs.br/index.php/sisu241/regular a relaç...

Estudantes e egressos da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) podem recorrer ao SEI ...

Para impulsionar o desenvolvimento regional da indústria aeroespacial foi formalizada a c...


Página de 87
| | | | |

 

Apoio Cultural:



Viva Feira
© 2024 - Todos os direitos reservados - www.vivafeira.com.br