Fechar Página

Beto Souza
Alberto Luiz de Freitas Souza, nasceu em Feira de Santana, em 13 de outubro de 1953, sob o signo de libra, na Rua Cristovão Barreto, quando ainda era conhecida como "Pilão sem Tampa", aqui cresceu, estudou se formou e viveu toda sua vida. Afirma que passou dez anos fora de Feira, mas é uma verdade relativa, pois por ser funcionário da Ematerba (hoje EBDA) foi lotado por dez anos nos barrancos do São Francisco (Rio), mas precisamente em Bom Jesus da Lapa e Remanso, onde passava a semana trabalhando, mas vinha em Feira sistematicamente, nos finais de semana que lhe eram possíveis, uma vez que sua família continuou a viver em Feira, de três em três meses ficava mais uns dias, mas fora da cidade natal só ficava por força do cumprimento do dever durante os dias úteis. Em 1987 voltou a ser lotado na Empresa (CAR) em Feira de Santana, de onde não saiu mais, e não pretende sair de jeito nenhum pois tem sua raizes bem fincados em ser torrão. Em 2001, fez um curso de Rádio e, a partir de 2003 passou a fazer o programa de Rádio "Nivaldo Lancaster" com o próprio, no horário da 18:00 às 19:00 h.. Completamente autodidata como fotógrafo, dedica-se a registrar o dia a dia de Feira de Santana, sempre que pode comparece aos eventos culturais e sociais da cidade e faz o registro mais completo possível. Tem sempre sua máquina à mão e preparada, do seu olhar não deixa escapar nada que acontece na cidade, seja de suas belezas, seja de seus defeitos, pois gosta de apontá-los para que sejam solucionados, pois como ele próprio afirma é "um cidadão feirense que luta por dias melhores nesta cidade". Casado há 33 anos com D. Dinorah, tem dois filhos homens, um com 30 e o outro com 31 que com o pai são cúmplices pela paixão por Feira de Santana. Inquieto, mesmo já sendo licenciado em geografia atualmente faz o curso para se tornar bacharel também em seu ofício, pois vive em busca da perfeição naquilo que se dedica. Fazer "o melhor" é uma obrigação que Beto se impõe sempre, pois entende que esta é a forma de ser feliz, por isso mesmo sua frase predileta é: "Se todo abismo fossem de rosas, os homens viveriam mais felizes". Beto Souza, armado com sua máquina fotográfica vai estar sempre circulando por sua terra e ávido por registrar tudo que achar importante dentro da sua visão de vida e felicidade e o Viva Feira está abrindo este espaço para que as cenas feirenses sejam compartilhadas por Beto com o mundo todo.

 




A CIDADE EM CENAS

VIAGENS DE UM RETRATISTA OU A VIDA SEXUAL DOS INSETOS

O gatilho mais rápido em máquinas fotográficas da cidade, prepara mais uma surpresa para seus seguidores.
Publicado em: 04/03/2016 - 09:03:37


Baratas transando enquanto a mosca assiste
Baratas transando enquanto a mosca assiste
    Como nós todos sabem, Beto Souza tem a especialidade de retratar um evento com uma precisão e fidelidade incomum. Beto é daqueles profissionais excessivamente dedicados, se ele vai fotografar um vernissage, chega praticamente na abertura do espaço, muitas vezes antes do artista chegar. Outra característica do mais importante Retratista da cidade, pois é o único que assume de forma bem humorada esta denominação, é o de não deixar passar nada que testemunhe sem que sua  máquina faça o registro. Beto não discute, registra. Entende que contra uma imagem não existe argumentos.
    Sua última façanha foi a de registrar uma relação sexual entre insetos sendo assistida por um outro de especie completamente diferente, e se divertir com isso, afinal nada que aconteça na presença de Beto fica sem registro, por isso mesmo, quando vimos as fotos das baratas em cópula sendo observadas por uma mosca no meio de outras fotos que em nada combinavam com aquela atividade natural de insetos, que a nosso ver são baratas exibicionistas e uma mosca voyeur, tivemos que publicar para confirmar que nosso amigo e parceiro é realmente o maior e mais competente Retratista da cidade.


Fonte: Beto Souza

Fotos







Página de 5

| | | |
Próxima ->



New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados