Fechar Página

Tito Pereira
Tito Pereira nasceu em 1979, em Feira de Santana. Filho de Roberval Pereyr (poeta) e Bárbara Gonçalves, desde os primeiros anos de vida mostra-se interessado pela arte, em especial pela música e pela poesia. Foram os dois caminhos escolhidos pelo artista, que se formou em 2004 em Letras Vernáculas pela UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana) e sempre teve contato com instrumentos musicais, primeiro com a flauta doce, violão e por último o teclado, seu principal instrumento.
Também em 2004 começa sua carreira profissional como tecladista, participando do projeto Faz Cultura, do Estado da Bahia, ao lado da cantora e compositora Goretti Figueiredo, tendo antes atuado apenas com sua irmã Carol Pereyr, que é cantora e compositora. No início de 2005 faz uma “fantástica viagem” ao Morro de São Paulo, no litoral baiano, com a banda instrumental Gatos Pingados (liderada pelo guitarrista e artista plástico Jorge Galeano), da qual é pianista, tocando música brasileira (Bossa Nova em especial) e conhecendo músicos da várias partes do mundo. Em seguida é convidado a trabalhar na banda de apoio do programa “Micareta de Feira”, produzido pela TVE – Ba, ocasião em que se apresenta ao lado de Luis Caldas, entre outros.
 
A partir daí tocou com praticamente todos os cantores profissionais de Feira de Santana. No ano de 2006, com Carol Pereyr e Márcio Pazin participou do “Prêmio Visa de Compositores”, na cidade de São Paulo, ao lado de vários novos talentos da MPB. Em 2007, acompanhou Waldick Soriano e Xangai, em quatro cidades da Bahia, no inusitado show intitulado “Encontro Romântico”.

Dois mil e oito foi um ano muito significativo para sua caminhada artística, quando em março começou a turnê com o forrozeiro Zelito Miranda, apresentando-se nos maiores centros de festejos juninos da Bahia e também nacapital da Argentina, Buenos Aires. Logo depois começa sua carreira de cantor quando funda o Ânima Trio, ao lado de Flaviano Gallo (baterista) e Sérgio Canhoto (baixista), projeto artístico voltado à experimentação e à liberdade de expressão, misturando ritmos tipicamente brasileiros como o Baião com Jazz, por exemplo.
 
Em outubro ingressa no Curso de Formação em Gestores Culturais, promovido pela UEFS em parceria com a Secretaria de Cultura do estado da Bahia (SECULT) recebendo o diploma de Gestor/Produtor Cultural. Participa também do show “50 anos da Bossa Nova”, promovido pelo CUCA (Centro Universitário de Cultura e Arte) e no mês seguinte do show “De Villa Lobos a Bob Marley” com o cantor e compositor Dionorina. Em seguida faz algumas apresentações para o projeto “Caminhada pela Paz”, acompanhando grandes artistas como Geraldo Azevedo.
Entre os diversos Cd’s que gravou e co-produziu destacam-se “Mirante” (2005), de Márcio Pazin e Carol Pereyr, e“Imagens Acústicas” (2007), de Alex Macedo.
 
Sua última e marcante experiência musical se deu em maio de 2009, com Dionorina, participando do Festival Internacional de Teatro de Rua de Torino, na Itália, onde fez diversas apresentações durante as duas semanas que permaneceu por lá.










sad

sadas
Publicado em: 1053pm1053pm10 - 13:02:09


asdasdasd



Fonte: dasdas






Veja +

» sad
» asdsa


Página de 2




(75) 9134-4178


titopereira32@yahoo.com.br



New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados