menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Alberto Peixoto
-Emanoel Freitas
-Luís Pimentel
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandro Penelú
 
 
 
GRUPO GESTOR SE REUNIU COM ESTUDANTES NA ÚLTIMA SEXTA (27)


Publicado em: 30/10/2023 - 12:10:22
Fonte: Release da Ascom da UEFS


No final da tarde desta sexta-feira (27), a reitora Amali Mussi, a vice-reitora Eva Carvalho e o grupo gestor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) se reuniram com membros do movimento estudantil que atualmente ocupam o prédio da reitoria da Universidade.
Após as reitoras apresentarem os esforços da gestão para avançar nas negociações, também foi necessário reiterar e dar novas explicações sobre as impossibilidades legais e materiais de cumprirem algumas exigências feitas pelo movimento.
Todos os questionamentos feitos à gestão foram respondidos ao tempo que foram comprovadas diversas ações efetivas realizadas durante os primeiros 150 dias de reitorado.

Encaminhamentos
Os estudantes demandaram um pronunciamento institucional, em formato de nota, assinado pela reitoria, confirmando que as pautas estudantis da universidade devem ser votadas pelos estudantes que compõem a própria universidade, a despeito de informações que estudantes de outras instituições supostamente teriam comparecido à Universidade no dia 25 de outubro. Diante do pedido, a reitora Amali Mussi afirmou que, em nenhum encontro, pronunciamento ou comunicação pública suscitou ou fomentou ideia em sentido contrário e que, por este motivo, não via problema em fazer o referido comunicado.
A gestão solicitou que o movimento estudantil encaminhe formalmente para a reitoria todas as comunicações enviadas para os órgãos do Estado os quais mantiveram contato, para que a gestão dê continuidade às solicitações que já vêm sendo feitas por parte desta.
     Amali Mussi, Eva Carvalho e demais membros da gestão alertaram os estudantes sobre os incalculáveis prejuízos que podem recair sobre as pautas estudantis diante da paralisação de obras e suspensão de contratos como os referentes à ampliação do restaurante universitário, pavimentação e acessibilidade. O movimento afirma que será realizada a liberação das obras a partir do dia 27/10, mas que esta possibilidade está atrelada ao pagamento das bolsas e auxílios estudantis.
Como próximos passos, à gestão caberá informar sobre a busca de novas possibilidades e tentativas de soluções junto aos setores e órgãos envolvidos nos trâmites de segurança e legalidade que compõem o sistema de pagamento das bolsas.  
Por fim ficou acordado a criação de uma mesa permanente de negociações, a qual terá uma reunião no dia 30/10 às 14:30 quando elaborará um cronograma para continuidade do trabalho.
 



Apoio Cultural:



Viva Feira
© 2023 - Todos os direitos reservados - www.vivafeira.com.br