menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
UEFS DIVULGA MUSEU DE ZOOLOGIA EM EVENTO INTERNACIONAL


Publicado em: 02/02/2018 - 10:02:48
Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Uefs


    Apresentar o Museu de Zoologia da Universidade Estadual de Feira de Santana (MZFS) para a comunidade científica internacional e divulgar as pesquisas desenvolvidas na Divisão de Invertebrados Aquáticos, foram os objetivos da participação do professor doutor Walter Ramos Pinto Cerqueira, lotado no Departamento de Ciências Biológicas (DCBIO), durante o 1º. Congresso de Biologia dos Países de Língua Portuguesa, realizado no período de 24 a 26 de janeiro, na Universidade do Algarve - Campus Gambelas (Portugal).
    Durante o evento, houve a apresentação de resultados sobre a biodiversidade dos equinodermos do litoral do estado da Bahia, além de estudos envolvendo aspectos morfofuncionais, de distribuição e estrutura populacional dos ouriços-do-mar Echinometralucunter e Lytechinusvariegatus, esse último constando como espécie vulnerável na lista vermelha das espécies de invertebrados aquáticos ameaçados de extinção.
    Diversos pesquisadores de Portugal, Costa Verde, Angola, Moçambique e Brasil participaram do Congresso discutindo vários temas atuais da Biologia Marinha. A Uefs foi a única universidade baiana presente através da Divisão de invertebrados Aquáticos do Museu de Zoologia.
    Segundo o professor Walter Ramos, é necessário “mostrar para a comunidade científica internacional que a Uefs, mesmo inserida na região do semiárido baiano, reconhece a importância dos pesquisadores desenvolverem projetos nos ecossistemas marinhos do estado da Bahia, que apresenta o maior litoral dentre os estados brasileiros, além da possibilidade de desenvolver parcerias em rede com pesquisadores de universidades de outros países de língua portuguesa”.





Apoio Cultural:



Arraial de Feira
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados