menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
FLU PERDE E SE COMPLICA NA COPA ESTADO

Jogando na tarde de domingo no Joia da Princesa, o Fluminense perdeu de virada para o Jacobina por 2 x 1
Publicado em: 31/10/2016 - 01:11:28
Fonte: Release de Cristiano Alves - Ascom Fluminense


    Com dois gols do atacante Robert o Jacobina venceu de virada o Fluminense por 2  x 1 largando na frente para chegar a final da Copa Governador do Estado. A partida, a primeira da fase semifinal da competição, aconteceu na tarde de domingo no Joia da Princesa e o Jegue da Chapada está agora próximo da final da edição 2016.
    O jogo começou com o Fluminense demonstrando mais posse de bola, enquanto o Jacobina começou de forma mais defensiva buscando encurtar os espaços do Touro do Sertão. Mesmo com esta dificuldade, o time foi para cima e aos 11 minutos abriu o marcador numa bela jogada iniciada por Rafael Granja, que lançou a bola para Lucas, que fez uma triangulação bonita com o próprio Granja que concluiu com perfeição num belo chute no ângulo do goleiro Luan que nada pôde fazer .
    Com o placar desfavorável o Jacobina foi para cima e logo na saída de bola aconteceu uma rápida jogada onde o jogador Dinda dominou e de fora da área chutou no ângulo e o goleiro Jair fez uma defesa difícil evitando o gol de empate. O tricolor feirense seguiu indo para cima do Jacobina que não se entregava no jogo e aos 24 minutos chegou ao empate com o atacante Robert, depois de um cotra-ataque fulminante, a bola chegou para o experiente atacante que chutou forte sem chance de defesa para Jair.
    O jogo seguiu com o equilíbrio em evidência, onde os times tiveram chances para marcar , porém o primeiro tempo terminou em 1 x 1 e o resultado foi justo pelo que os dois times apresentaram durante os primeiros 45 minutos.
SEGUNDO TEMPO
    O segundo tempo começou com o Fluminense tentando mudar o panorama da partida, porém os minutos iniciais seguiram sem alteração. Sentindo a necessidade de modificar a situação, o treinador Betinho resolveu processar duas alterações de vez: Dimas no lugar de Lucas e Kel em lugar de Jarbas. Aos 13 minutos o time teve uma boa oportunidade de marcar com Rafael Granja que achou uma bola boa, mas chutou fraco nas mãos do goleiro Luan. Mais uma vez o tricolor feirense veio para cima em nova jogada de Granja que deu um corte seco no zagueiro Igor e chutou forte, com Luan espalmando para escanteio.
    Aos 23 minutos, numa cobrança de escanteio o Jacobina chegou a fazer o segundo gol com o atacante Robert, mas a arbitragem assinalou impedimento. Na sequência o Flu teve uma falta perigosa, que Alessandro Azevedo cobrou e o goleiro Luan espalmou pela linha de fundo evitando o segundo gol tricolor.  O Jacobina virou aos 30 minutos numa rápida jogada feita pelo setor esquerdo a bola chegou para Robert, que dominou e fez o que quis na defesa tricolor até fazer o segundo gol.
    O Fluminense tentou reverter a situação a partida terminou 2 x 1 para o Jacobina. Desta forma, no jogo de volta em Jacobina, o time da casa vai jogar por empate e até mesmo por uma derrota por um gol de diferença. Para o Fluminense chegar a final, o tricolor feirense vai ter que vencer por dois gols de diferença.
 
Fluminense x Jacobina
Local – Estádio Alberto Oliveira (Joia da Princesa)
Arbitragem – Rafael Luiz de Almeida Santos, auxiliado por José Carlos Oliveira e José dos Santos Amador.
Fluminense – Jair; Edson, Jadson, Paulo Paraíba e Vicente; Flávio, Jarbas (Kel), Alessandro Azevedo e Lucas (Dimas); Rafael Granja e Peixoto (Teco).
Técnico – Betinho.
Jacobina –  Luan; Adalberto, Igor, Jean e Caique;  Marcelo, Toni Galego, Ivanildo e Dinda (Tiago Silva); Robert (Wilson) e João Neto (Matheus Pinho).
Técnico – Paulo Salles.



Apoio Cultural:



184 Anos de Feira de Santana
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados