menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
REENCONTROS E EMOÇÃO NO LANÇAMENTO DA BIOGRAFIA DE CLAUDIO VIEIRA NA FTC

“Estou em casa”, diz o escritor ao reencontrar ex-colegas da Faculdade
Publicado em: 03/09/2016 - 01:09:16
Fonte: Release Ascom FTC - Madalena de Jesus


    Ele não gosta da palavra superação. Talvez por preferir valorizar mais as conquistas – que são muitas ao longo de seus 40 anos de vida – do que as limitações naturais da deficiência de locomoção. O fato é que Claudio Vieira de Oliveira faz da vida uma grande vitrine para a própria história, contada no livro “O mundo está ao contrário”. A obra, publicada pela Bella Editora, foi lançada na noite de ontem (31), no Auditório Professora Terezinha Mamona, na FTC Feira de Santana.
    Foi um momento de reencontros, agradecimentos e, sobretudo, muita emoção. “Estou em casa”. Resumiu o bacharel em Ciências Contábeis formado pela Instituição, que viaja o mundo inteiro fazendo conferências sobre vida e ensinando como encarar um desafio de cada vez. Um dos mais importantes deles foi ir para a escola e ele não somente conseguiu estudar, como retornar à sala de aula como professor. Fez Magistério.
    Tudo isso sem perder a essência do menino nascido em Monte Santo, no sertão baiano, cidade que divide com Feira de Santana o vínculo com as suas raízes. Claudio sabe que chama a atenção por onde passa. Portador de uma patologia rara cientificamente identificada como Artrogripose Múltipla Congênita (AMC), ele se comporta com uma naturalidade impressionante, em qualquer situação. “Eu vejo tudo normal”, garante.
    “O s
egredo é acreditar”. Ensina o escritor, para quem a vida não tem receita pronta, mas acha que ser positivo é um caminho para a vitória, pois “a palavra tem força”. E para ele teve mesmo. Claudio contou que ainda criança costumava pedir à mãe que se alguém o procurasse dissesse que ele estava na Europa, nos Estados Unidos. Não deu outra. Tanto que a próxima meta é viajar para a Filadélfia. A de sempre é ser feliz.
    Na solenidade de lançamento de sua biografia, Claudio reviveu momentos nunca esquecidos. “Ele chegou em minha sala, carregado por outro rapaz, e disse: o que é preciso fazer para estudar nesta Faculdade?”, contou o então diretor da FTC Feira de Santana, professor Josué Mello, que lhe assegurou uma bolsa integral. O rapaz era um primo do estudante, Adelson, que o acompanhou durante todo o curso.
    Para o diretor da Rede FTC, professor Cristiano Lôbo, o retorno de Claudio Vieira representa um presente para a Faculdade, pelo seu exemplo de força e determinação. No final da solenidade que precedeu a sessão de autógrafos, os dois protagonizaram momentos emocionantes, em uma conversa informal em que foram relatadas várias passagens da vida do ex-aluno. “Não posso contar mais, está no livro”, provocou o autor.
    Diante de um grande público formado por professores, estudantes, profissionais de imprensa, autoridades, familiares – a mãe Maria José foi homenageada – e amigos do escritor, a jornalista Ana Landi não conteve a emoção ao apresentar a obra e falar da relação da Bella Editora com Claudio Vieira. “Nosso compromisso é publicar histórias de vida interessantes”, disse, destacando a importância do trabalho do baiano para a literatura.

Fotos



Apoio Cultural:



Inauguração Comercial
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados