menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
AMOR NA PERSPECTIVA DA OBRA DE CLARICE LISPECTOR NO PROJETO FEIRA TEM TEATRO.


Publicado em: 22/05/2018 - 15:05:16

    Diante do enorme sucesso do projeto "FEIRA TEM TEATRO" nos meses de março e abril, damos continuidade à programação, com a realização de mais uma edição que acontece nos dias 25 e 26 de maio de 2018, no Teatro do CUCA, tendo como abertura às 19h, o "PAPO CULTURAL" com o tema Amor para quem? A clandestinidade dos afetos no cotidiano de quem ama. Em seguida, às 20h, apresentação do espetáculo AMOR do grupo Conto em Cena.

PAPO CULTURAL
    Com o objetivo de conversar sobre temas que estão presentes na obra do espetáculo e questões que marcam presença no nosso cotidiano, realizamos no mês de maio o papo cultural , no foyer do Teatro, com acesso livre, tendo como convidados: Larissa Rodrigues (natural do município de Feira de Santana-BA, é preta, poeta, professora, pesquisadora, milita junto ao Coletivo de Empoderamento de Mulheres – FSA. É co-mediadora do Leia Mulheres e co-produtora do Ciclo de Oficinas em Escrita Criativa em Feira de Santana) e Mariana Paim (natural do município de Tanquinho-BA, é poeta, professora, pesquisadora, milita junto ao Coletivo de Empoderamento de Mulheres – FSA, é co-mediadora do Leia Mulheres e co-produtora do Ciclo de Oficinas em Escrita Criativa em Feira de Santana), Bruno Santana (Trans Ativista, Poeta, Reikiano, graduando em Educação Física pela UEFS e membro do coletivo TRANSS pra frente) e Wendell Ferreira (Psicólogo, Coordenador do Grupo de Trabalho Psicologia, Sexualidades e Identidades de Gênero do Conselho Regional de Psicologia).

SOBRE A PEÇA "AMOR"
    O texto do espetáculo é uma adaptação do conto "Amor" do livro Laços de Família da escritora Clarice Lispector. O conto é um relato da história de vida de Ana, uma mulher casada com um lar e uma vida familiar e social aparentemente estáveis e firmes. Um dia, quando entra em um bonde, como de costume para o cumprimento de suas atividades, Ana depara-se com um homem cego, de aparência um tanto desagradável, desconcertante e que não para de mascar chicles. Esse acontecimento desequilibra a personagem, deixando-a espantada e perplexa, fazendo-a entrar em contato com outra realidade diferente daquela em que vivia. O ato contemplativo para o cego contribui para que ela reconheça sua verdadeira condição, como se estivesse diante de um espelho que reflete a verdade cruel sobre sua condição de vida. Um texto que nos faz refletir sobre nossa condição humana e as escolhas que fazemos em nossas vidas.
    O Projeto Feira tem Teatro apresenta espetáculos de grupos teatrais de Feira de Santana como o "Cordel" e o "Conto em Cena", ambos dirigidos por Geovane Mascarenhas, e de outros grupos locais convidados, tendo sempre como abertura o PAPO CULTURAL que traz temas que dialogam com a proposta dos espetáculos convidados.

SERVIÇO:
O que: Projeto Feira tem Teatro
Quando: 25 e 26 de maio de 2018 (Sexta e Sábado)
Horários: Papo Cultural às 19h * e o espetáculo "AMOR" às 20h
Ingressos: R$24,00 (Inteira) / R$12,00 (Meia) / R$10,00 (Estudantes da UEFS e CUCA)
Onde: Teatro do CUCA
Endereço: Rua Conselheiro Franco, 66, Centro.
Maiores Informações: Tel.: (71) 9 9115-5729. (75) 9 91331073

AUTORIA: Release do Grupo Conto em Cena - Willian Fraga



AUTORES QUE SÃO SUCESSO NAS REDES SOCIAIS SE REÚNEM EM FEIRA DE SANTANA


Publicado em: 14/05/2018 - 10:05:06

    Uma nova geração de escritores da literatura brasileira irá se reunir no Boulevard Shopping Feira de Santana no dia 19 de maio no evento ‘Livros eLikes – Conexões Reais’. A iniciativa contará com a presença de Matheus Rocha, Edgard Abbehusen, Victor Fernandes e Dani Santos, todos autores que nasceram através das redes sociais. O evento é aberto ao público e acontece a partir das 16h.
    Criado com o objetivo de unir o virtual e o real, o evento organizado pelo Boulevard Shopping busca aproximar do público autores que souberam utilizar muito bem a internet como vitrine dos seus talentos. Durante o ‘Livros e Likes – Conexões Reais’ será possível participar do bate-papo entre os escritores – que acontecerá na Praça de Alimentação - e ainda aproveitar a sessão de autógrafos, na entrada E3.
    Entre os convidados, personalidades que acumulam diversos seguidores nas redes sociais, a exemplo do feirense Matheus Rocha, cujo endereço @neologismos já ultrapassa os 380 mil seguidores. O primeiro livro de Matheus, “No Meio do Caminho Tinha Um Amor”, teve o lançamento oficial realizado no Boulevard Shopping em agosto de 2016 e, de lá pra cá, o baiano já publicou mais dois títulos: ‘Muito Amor, Por Favor’ e ‘Pressa de Ser Feliz’.
    Ainda participam do evento Edgard Abbehusen, autor do livro “Quem tem como me amar não me perde em nada” e responsável pela conta no Instagram @fotocitando com 395 mil seguidores; Victor Fernandes, que publicou o livro “Feliz e Ponto” e atualiza o @victorofern, com 395 mil seguidores e, Dani Santos, autora do “30 dias sem você”  e da página @exageradasim, com 228 mil seguidores.
Sobre Matheus Rocha
    Matheus Rocha nasceu em 1991 em Feira de Santana, na Bahia. Graduou-se em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Em 2012, reuniu seus textos na internet, sob o nome de Neologismo, que inicialmente foi um Tumblr, depois fanpage do Facebook, virou blog e hoje passeia também pelo Instagram e pelo Twitter. Fala sobre amor, amizade, sonhos e vida. É autor dos livros ‘No meio do caminho tinha um amor’ (2016) e ‘Muito Amor, Por Favor’ (2016) publicados pela Editora Sextante e ‘Pressa de Ser Feliz’ (2018), pela Editora Planeta de Livros.
Sobre Edgard Abbehusen
    Edgard Abbehusen tem 28 anos e cursa jornalismo na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Em 2016, criou um perfil nas redes sociais onde publicava fotos e textos de sua autoria. Mas a paixão por escrever falou mais alto e o @fotocitando se tornou sua fonte de inspiração para frases e pensamentos que, em menos de um ano, alcançaram mais de 140 mil pessoas no Instagram e quase 30 mil no Facebook. Do interior da Bahia, filho do Recôncavo, Edgard gosta de falar de amor, sentimentos, contar histórias e narrar fatos de sua vida em forma de crônicas e contos.
Sobre Victor Fernandes
    Victor Fernandes, para muitos, VF, por causa da sua assinatura corriqueiramente vista na internet, sempre escreveu, mas só começou a se sentir escritor depois de chegar aos duzentos mil seguidores no Instagram (@victorofern). Nascido em Arapiraca-AL, desde os cinco anos de idade mora em Salvador-BA, lugar que influencia bastante sua arte. Além de poemas, Victor escreve crônicas, letras de música, pinta e desenha. Desde 1994 sendo o que o coração pede.
Sobre Dani Santos
    Dani Santos é baiana de sangue e coração. Escritora por paixão, louca por questão de sobrevivência, escreve um amontoado de exageros vestidos de poesia e amor. Desde 2011 mantém o blog Exagerada sim, que deu origem ao Instagram e Facebook de mesmo nome e sucesso.

SERVIÇO:
O que: Livros e Likes – Conexões Reais com Matheus Rocha, Edgard Abbehusen, Victor Fernandes e Dani Santos
Quando: Sábado, 19 de maio, a partir das 16h
Onde: Bate Papo na Praça de Alimentação e Sessão de Autógrafos, na entrada E3 do Boulevard Shopping Feira de Santana.
ENTRADA GRATUITA.

AUTORIA: Release da Comunic-Ativa - Júlia Raquel / Fernanda Mendes -14/05/2018



RODA DE CONVERSA – MOVIMENTOS FEMINISTAS E CONJUNTURA POLÍTICA ATUAL 11/05/18


Publicado em: 08/05/2018 - 12:05:51

    A roda de conversa tem como objetivo discutir sobre a atual conjuntura política do país, refletindo sobre os impactos, pós golpe, nas questões relacionadas as dimensões de gênero, no âmbito dos direitos das mulheres, bem como, sobre a criminalização dos movimentos sociais e o desenvolvimento, necessário, de estrategias de enfrentamento diante desse panorama e da construção de projetos políticos democráticos. Questões estas, que se impõem com urgência no momento que estamos vivendo. A roda de conversa é aberta a participação de tod@s!
    Atividade acontecerá no MAC – Museu de Arte Contemporânea de Feira de Santana no dia 11 de maio das 19h às 21h, organizada pelo Coletivo de Empoderamento de Mulheres – FSA e com a presença de mulheres de diferentes coletivos da cidade.

AUTORIA: Release do MAC



PARQUE DE REPRESSÕES LANÇA SEU SHOW NA CÚPULA DO SOM


Publicado em: 01/05/2018 - 05:05:25

    O mais novo som da Stephen Ulrich Band será exposto na noite de 05 de maio.  É o segundo single do álbum da SUB. A canção Long Plays é uma tirada com bom humor e harmonia. O grupo já apresentou também Marchar Volver.
    Na noite autoral, tem mais. A Navelha adentrará o palco. Para botar seu mais novo trabalho pro público. O single Cansei será exibido novamente, em conjunto com outras canções.
    Duas atrações para animar a Cúpula do Som. Com rock’s atrativos e diferentes. A mistura do pop alternativo surpreenderá quem comparecer ao evento. O Studio Bar espera pelo público de braços abertos.
 
* O QUE? - Show PARQUE DE REPRESSÕES
* QUANDO - 05 de maio de 2018 - a partir das 21h
* ONDE - Cúpula do Som
* QUANTO - R$ 15,00
* INGRESSOS ANTECIPADOS - Sete Musical e LP Studios

AUTORIA: Release Ascom da cúpula do Som - Laísa Melo - DRT 4875
Fotos




PRORROGADO O RESULTADO DA SELEÇÃO DOS ESPETÁCULOS PARA O 11º FENATIFS

Comunicado oficial do Presidente da Cooperativa.

Publicado em: 30/04/2018 - 19:04:24

    A Cooperativa de Teatro para a Infância e Juventude da Bahia – Cia. Cuca de Teatro, realizadora do Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana, agradece mais uma vez aos grupos que se inscreveram para participarem das Mostras Nacional, Interior do Nordeste e Jovens Talentos da 11ª Edição do Fenatifs – Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana, que tem data de realização marcada para o período de 1º a 12 de outubro de 2018.
    A difícil tarefa de selecionar entre as 195 (cento e noventa e cinco) inscrições enviadas e a diversidade das propostas apresentadas, os espetáculos que representarão a sua região ou Estado em mais uma Edição do Fenatifs é sempre uma tarefa criteriosa que requer uma profunda avaliação. Chegamos a 11ª Edição do Fenatifs no ano em que a Cia Cuca de Teatro celebra 20 anos de trabalho voltados à infância e juventude, motivos múltiplos de alegria, afinal estamos ajudando a construir e desenvolver o teatro para a infância e juventude no Brasil. É necessário unir forças para que possamos seguir adiante, reunindo artistas e grupos para mais uma grande festa do teatro brasileiro. A curadoria está empenhada para montar mais uma grande programação que possa representar as três categorias do Festival: Mostra Nacional, Mostra Interior do Nordeste e Mostra Jovens Talentos.  O nosso propósito é apresentar um festival de múltiplas ideias, incontáveis saberes, diversas expressões de linguagens e qualificação, com atrações que ao mesmo tempo aproximam o tradicional do teatro para a infância e juventude da produção contemporânea favorecendo assim o diálogo e troca de conhecimentos.
    Desta forma, atendendo a solicitação da curadoria,  a comissão organizadora do Fenatifs resolve prorrogar a data de publicação dos espetáculos selecionados para compor a programação da 11ª edição do Festival para o dia 15 de maio de 2018. As demais datas referentes à confirmação de participação dos grupos, alteração da ficha técnica (caso ocorra) e confirmação de dia e hora de chegada constantes nos editais serão informadas somente aos grupos que forem selecionados.
    Do período de 15 de janeiro a 15 de março de 2018 foram recebidas 195 (cento e noventa e cinco) inscrições enviadas pela internet de espetáculos de todo o Brasil para as Mostras Nacional, Interior do Nordeste e Jovens Talentos. Além do Distrito Federal, 17 estados brasileiros tiveram suas inscrições efetivadas, são eles: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Tocantins e Amazonas, o que engloba as 5 regiões do Brasil nessa representatividade do teatro infantil.
    O 11º FENATIFS - Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, das Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, através do Edital nº 25/2016 - Eventos Culturais Calendarizados 2017/2019. O festival tem como organizadora a Cooperativa de Teatro para a Infância e Juventude da Bahia – Cia. Cuca de Teatro e apoio institucional da Universidade Estadual de Feira de Santana, através do Centro Universitário de Cultura e Arte - CUCA.

AUTORIA: Comunicado de José Henrique Rodrigues Motté, Presidente da Cooperativa de Teatro Para a Infância e Juventude da Bahia



BAILE CIRCULAR AMANHÃ TRAZ FOCALIZADORA DE SÃO PAULO PELA 1ª VEZ A FEIRA DE SANTANA


Publicado em: 26/04/2018 - 17:04:04

    Amanhã, 27 de abril, acontece em nossa cidade a 2a edição do  Baile Circular que trará a Focalizadora Estela Gomes (SP) pela primeira vez a Feira de Santana. A realização do Baile é do Centro de Formação Psicologia para Todos, que realiza anualmente o Curso Básico de Formação em Dança Circular, e lançará ano que vem a primeira Pós-Graduação em Dança Circular do Nordeste, que acontecerá aqui em Feira na sede da instituição, que é Núcleo de Estudo parceiro da Unibahia, tendo suas certificações reconhecidas pelo MEC.
    O Baile Circular acontecerá no auditório do Classe Apart Hotel, a partir das 19h30, e é aberto a público de todas as idades.

O QUE É DANÇA CIRCULAR?
    "As Danças Circulares resgatam passos inspirados na cultura dos povos trazendo ao momento presente valores como respeito, união e cooperação. Estas danças levam à vivência da totalidade, à experiência da inteireza, juntando o trabalho físico e emocional pelo ritmo, harmonia, cooperação, energia do círculo e outros aspectos que facilitam o contato entre os indivíduos, o grupo e a natureza, tornando-se uma vivência capaz de trazer em um curto espaço de tempo reflexão e mudança". (Texto site UMAPAZ)
    A Dança Circular é uma forma de meditação em movimento, e atua de forma terapêutica, favorecendo o auto-conhecimento e a  auto-cura; trabalhando a consciência corporal, coordenação motora, ritmo, referência espacial e equilíbrio; equilibrando os corpos físico, emocional, mental e espiritual; ampliando a percepção, concentração e flexibilidade; fortalecendo a auto-estima e o reconhecimento da importância de seu papel no grupo.
    Por conta de todos estes benefícios, a Dança Circular atualmente passou a ser reconhecida como Prática Integrativa do SUS (portaria nº 145/2017 no Ministério da Saúde), se enquadrando no novo paradigma do contexto de saúde, como um recurso terapêutico pertencente ao campo das PICS, considerando seu potencial na prevenção de agravos, na recuperação da saúde através do cuidado, e na promoção de hábitos, atitudes e emoções saudáveis, com o qual contribui para a consciência de fatores subjetivos que envolvem a experiência interior, a auto-estima, a auto-reflexão e vivencias experimentadas no prazer da convivência individual e coletiva na Roda.

SOBRE A FOCALIZADORA ESTELA GOMES
    Fonoaudióloga e educadora ambiental docente na Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz – UMAPAZ/SVMA/PMSP.  Conheceu as Danças Circulares Sagradas em 1995 e desde então começou a utilizá-las como recurso terapêutico e educativo em grupos. Participou do Festival das Danças Circulares em Findhorn Foundation em 1996 (Escócia). Focalizadora de Danças Circulares Sagradas incluindo formação com  diversos  focalizadores brasileiros e internacionais.

SOBRE A UMAPAZ
    A UMAPAZ – Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz, Departamento de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), desenvolve e dissemina conhecimentos e práticas de educação para a sustentabilidade, oferece cursos e atividades de educação ambiental e para a convivência, tendo como princípios o respeito à vida, a biodiversidade e a diversidade humana, a transdisciplinaridade e a cultura de paz, acolhendo a Carta da Terra como documento-base.

2º BAILE CIRCULAR
Colaboração Consciente:
Individual R$ 50,00 | Casadinha R$ 60,00
LOCAL: Auditório do Classe Apart Hotel - Rua Marechal Castelo Branco, 102, Ponto Central
HORÁRIO: 19h30
REALIZAÇÃO: Centro de Formação Psicologia para Todos

AUTORIA: Release Mariana B. Figuerêdo



EXPECTATIVA DO LÁ VEM ELAS É SUPERIOR A TRÊS MIL ASSOCIADOS

O bloco entra na avenida às 17h10, comandado pelo Harmonia do Samba

Publicado em: 19/04/2018 - 10:04:06

    Que o Lá Vem Elas é o bloco mais alegre e irreverente da Micareta de Feira de Santana, isso todo mundo já sabe. Porém, esse ano a expectativa é maior ainda para o desfile, que acontece no sábado, 21.
    A euforia dos associados se dá por conta da apresentação da banda Harmonia do Samba, que vai comandar “as meninas”. A atração é um sonho antigo dos associados e que agora se torna realidade. A expectativa, segundo a diretoria do bloco, é de mais de três mil foliões dentro das cordas.
    “Os associados sempre pediram Harmonia. Tentamos algumas vezes, mas por conta de agenda, não deu certo. Agora, trazemos a banda para realizar esse sonho. Os foliões do bloco, que são fieis, estão ansiosos para chegar o dia”, segundo a diretoria do bloco.
    Mesmo sem quase bloco nenhum na avenida, o Lá Vem Elas mantém a tradição, com o seu público sempre presente. O que mais se destaca são as fantasias e as brincadeiras durante o percurso. Esse ano, o bloco desfila de unicórnio, uma tendência mundial na moda feminina. Casando perfeitamente com a filosofia do bloco.
    “Só saiu no Lá Vem Elas. Pela descontração e amizade que há entre os participantes - mesmo sem se conhecer. Nunca vi uma briga no bloco”, disse Elizeu Leal, que afirmou estar contando as horas para sair na avenida “vestida de unicórnio”.
    O Lá Vem Elas está programado para entrar na avenida a partir das 17h10min. “Pedimos que cheguem cedo, façam sua festa e brinquem em paz. Será mais um ano de sucesso, com certeza”, pede a diretoria.


AUTORIA: Filipe Oliveira



RODA DE CONVERSA: SAMBA, SUOR E REDUÇÃO DE DANOS

SAMBA, SUOR E REDUÇÃO DE DANOS

Publicado em: 13/04/2018 - 16:04:01

    O Corra pro Abraço é uma iniciativa do Governo do Estado da Bahia, vinculado à SJDHDS/SUPRAD, e tem como principal objetivo a promoção da cidadania dos usuários de substância psicoativas em situação de rua, baseado nas estratégias de redução de Danos Físicos e Sociais, promovendo seu acesso a políticas públicas de Saúde, Assistência Social, Justiça e Cultura.
    Uma das nossas estratégias é a promoção à garantia do direito de acesso à cultura, assim como aos bens, espaços e serviços culturais dentro do nosso município. Dessa forma, para fechar o nosso projeto SAMBA, SUOR E REDUÇÃO DE DANOS, que vem sendo trabalhado nas rodas de arte-educação, trazendo reflexões que convergem com a festa da Micareta, realizaremos uma roda de conversa, garantindo a socialização dentro do contexto festivo que envolve a cidade nesse período. A ser realizado no MAC – Museu de Arte Contemporânea, no dia 18/04/2018 próxima quarta-feira dás 15:00 às 17h.
    Descrição da atividade: Roda de Música Conversada
    Será realizada uma roda de conversa em formato de Pocket Show, com a participação de Jeremias Gomes (filho de Edson Gomes) e Gilson Chiclete (Professor de precursão do Programa), através da mediação dos técnicos de referência serão provocadas reflexões que perpassam as realidades dos nossos assistidos, desde as violências possíveis dentro do evento que toma a cidade nesse período, passando pela e desigualdade e por vez integração social até chegarmos as estratégias de Redução de Danos Físicos e Sociais que envolvem a festa da Micareta. Tudo isso partirá das mensagens das letras de músicas do cantor e compositor Edson Gomes.

AUTORIA: Release do MAC



JAM NA CUCA RECEBE GRUPO DE DANÇA TRUPE MANDHALA NESTE DOMINGO


Publicado em: 06/04/2018 - 17:04:30

    O grupo de dança feirense Trupe Mandhala é o convidado do projeto Jam na Cuca deste domingo, 8 de abril, às 17 horas, no Teatro de Arena do Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA).
    As dançarinas levarão a linguagem dos mais variados estilos de dança tribal – como a flamenca e street dance – ao som do melhor da música instrumental. A Trupe Mandhala efetua suas pesquisas em dança com foco no Tribal Brasil e no estudo das diferentes corporeidades que compõem a sua identidade e estilo contemporâneo.
    Além da experiência musical e da dança, o público pode se entreter ainda na pequena e charmosa feira de artesanato e guloseimas chamada Varal da Jam.
    A Jam na Cuca já acontece há quatro anos e é uma iniciativa dos músicos experientes que formam a banda base: os instrumentistas do grupo Quaternária – Gilmar Araujo (guitarra), Rogério Ferrer (acordeon, sax e piano), Anderson Silva (contrabaixo) e Adson Junior (bateria) –, e o pianista Tito Pereira.
   
    SERVIÇO
    O quê: Jam na Cuca recebe Trupe Mandhala
    Onde: Teatro de Arena do Centro Universitário de Cultura e Arte – CUCA/UEFS (Av. Conselheiro Franco, s/n, Feira de Santana)
    Quando: Dia 08/04/2018, a partir das 17 horas
    Quanto: R$8,00 (oito reais)

AUTORIA: Jam Na CUCA



Mais Notícias

    A Revista Literária Inversos - ISSN 252701857, periódico feirens...

    Microempreendedores Individuais (MEI) que exercem atividades como personal tra...

    O Sebrae em Feira de Santana retoma o atendimento ao público hoje, segu...

    O cantor e compositor Ramon Lima chega ao palco da Cidade da Cultura para apre...

    A sede e as unidades regionais do Sebrae em toda a Bahia retornará o at...

    A presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), ...

    O “Natal do Bom Velhinho” acontece neste sábado (16), das 0...

    O biomédico no cenário nacional, empregabilidade e empreendedori...

    As apresentações que encerram as atividades do segundo semestre ...

    O leia mulheres é um projeto que tem como objetivo disseminar e incenti...


Página de 17
| | | | |

 

Apoio Cultural:


New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados