Fechar Página

Val Conceição
    Valmilton Conceição Pereira dos Santos, compositor, cantor e percussionista feirense, que assina artisticamente como Val Conceição, nascido sob o signo de sagitário (21/12/1972), no bairro da Rua Nova, um dos berços culturais da cidade, onde se concentra a maior população afro descendente de Feira, um núcleo fortíssimo de música afro e reggae da região. Por ser filho de músicos, aos cinco anos já desfilava em escolas de samba nos Micaretas feirense. Aos nove anos já fazia parte da bateria da Escola de Samba “Unidos de Padre Ovídio”, tocando repique, o que permaneceu até os 14 anos, quando passou a ser Mestre Sala Mirim nesta mesma escola de samba. Ainda com 14 anos foi apresentado ao Bloco Afro Moçambique, tendo se apaixonado pela musicalidade, assim passou a fazer parte da ala de percussão do bloco, mais tarde passando a fazer parte da ala de canto. Com  dezessete anos fundou o bloco “Afro Senegâmbia”, que esta até hoje em atividade.
    Com dezessete anos por uma provocação do Bloco Moçambique, que ofereceu um tema para que fosse composta a Música Afro base daquele ano (Guerrilheiros da Jamaica), através de um Festival de música afro, Val compôs sua primeira música, se inscreveu e venceu o festival.
    Após vencer o festival, Val se alistou no serviço militar, onde passou 04 anos servindo o exército, por ter opção de fazer uma carreira militar temporária o que o afastou da música temporariamente. Deu baixa, voltou para o movimento de música afro, ajudando seu pai a reativar uma escola de samba que estava inativa, a “Escola de Samba Império Feirense”, que desfilou nas Micaretas de 1997 e 1998, tendo naqueles dois anos vencido os desfiles de Escolas de Samba em Feira de Santana.
    E 1998 Val Conceição foi convidado para fazer parte do “Grupo Cultural Bahia-Brasil”, como percussionista e cantor, para uma turnê de doze meses no Japão, retornando ao Brasil em 1999.
    Voltando para o Brasil e, consequentemente, a Feira de Santana, desenvolveu outras atividades profissionais, mas sem abrir mão de seu ativismo no movimento de música Afro. Em 2001 voltou a fazer uma turnê internacional no mesmo grupo, só voltando ao Brasil um ano depois, em 2002. Neste retorno foi trabalhar na Kaiser, passou onze anos na Pirelli, mas sem nunca deixar o movimento de música afro.
    Em 2014 fundou o Bloco Afro “Império Africano” para desfilar na Micareta de Feira de Santana e passou a fazer parte da Associação das Entidades Culturais de Feira de Santana, da qual é um dos fundadores, neste mesmo período fez parte do Bloco Afro “Filhos de Malê”. Em 2015 com objetivo de ressignificar e requalificar o movimento afro de Feira de Santana, criou o Grupo Cultural “Moviafro”, o qual vem realizando diversos eventos culturais e sociais em Feira de Santana, a exemplo da “Miss Afro”, com grande repercussão na região.
    Atualmente é Assistente Administrativo do ArtMap  Mercado de Arte Popular, e como não podia deixar de ser Ativista Cultural continuando seu trabalho de divulgação e apoio a cultura afro-brasileira.





São conhecidas as finalistas do 2º Concurso Miss Afro feira de Santana 2018

De 123 inscritas, 15 foram selecionadas.
Publicado em: 25/03/2018 - 01:03:20


Na manhã do ultimo domingo (18/03), foram selecionadas as 15 finalistas do Miss Afro Feira de Santana 2018. Após duas eliminatórias bastante concorridas, já que foram 123 candidatas inscritas, numero recorde em eventos de beleza negra, superando inclusive a quantidade de inscritas do concurso que elege a Deusa do Ébano (Ilê Ayiê) em Salvador, que foram 116. Segundo Val Conceição, coordenador geral do evento e do COLETIVO MOVIAFRO que realiza o concurso pelo segundo ano consecutivo, a seleção foi extremamente difícil, pois selecionar apenas 15 num universo de 123 mulheres negras empoderadas e super conscientizadas não é tarefa facil.

Foram utilizados critérios incomuns para um evento de beleza, até porque o Concurso Miss Afro Feira de Santana não é considerado apenas um evento que busca a beleza plastica, é mais que isso, o objetivo do miss afro é conscientizar essas mulheres que sofrem com o racismo, o preconceito, a falta de espaço no mercado de trabalho, além de elevar a autoestima delas. Durante todas as etapas do concurso são ministradas palestras, rodas de conversas, oficinas de formação e aplicado questionários com assuntos relacionados a cultura afrodescendente como também a historia do povo negro no Brasil. As notas desses questionários são agregadas as notas do desfile onde  uma comissão julgadora formada por pessoas ligadas as áreas de cultura, jornalismo, direito, psicologia, dança e moda avaliam o desempenho de cada uma. Já no primeiro encontro que foi realizado no mês de março, houve uma grande roda de conversa com personalidades negras feirenses onde foi mostrado para as candidatas entre outras coisas, a importância do evento para a comunidade afro de Feira de Santana. 

Na primeira eliminatória foram selecionadas 42 candidatas, que passaram uma semana se preparando até chegar a semifinal que foi disputadíssima, a diferença de pontos de uma para outra foi minima e no resultado final houveram alguns empates que foram resolvidos utilizando o primeiro critério de desempate que é a nota do questionário.

 

 

A grande final do 2º Miss Afro Feira de Santana 2018, será realizada no próximo dia 13 de Abril(Sexta-Feira) ás 18h no CUCA - Centro Universitário de Cultura e Arte, a entrada é franca. Além do desfile com as candidatas que será em dois trajes, haverá também apresentação de Dança Afro, Pocket Show de Reggae, Recital de Poesias Africanas, Exposições de Roupas Afro e o encerramento será por conta da Banda Afro Lua Negra. Estima-se que um grande numero de pessoas estarão na plateia torcendo pela candidata de sua preferencia, mas ainda segundo Val Conceição, teremos a oportunidade de mostrar a esse mesmo publico os frutos do trabalho que o  COLETIVO MOVIAFRO vem desenvolvendo no nosso município ao longo do ano.

Essas são, as 15 candidatas ao titulo de Miss Afro Feira de Santana 2018.

 

AMANDA DE ALMEIDA

 

MICHELLY PHAYFFA

 

ANA PAULA ALVES

 

 TATIANA CARDOSO

 

MARESSA FERREIRA

 

VANDRIANE RIBEIRO

 

LAVÍNIA NASCIMENTO

 

VITORIA LAINY

 

ANA KAROLINE BARBOSA

 

ANTONIETA PERES

 

VANESSA CARVALHO

 

ALINE DALTRO

 

MAIANNA COUTO

 

ROSIDALVA DE ARAUJO

 

NATALICE DIAS

 

 O GRUPO CULTURAL MOVIAFRO agradece a todas as participantes que acreditaram e confiaram nesse projeto e deseja boa sorte a todas as finalistas. Axé


Fotos: Ana Paula Peres

            Antonio Magalhães



Fonte: Val Conceição







Página de 16




75 982366534


santosvalmito70@gmais.com





New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados