Fechar Página

Camyla Pereira

 Camila Gonçalves Pereira é feirense, nascida em 07-09-83, sob o signo de virgem. É uma cantora com qualidade vocal em timbre, afinação e extensão de voz, que faz a diferença entre outras cantoras. Com o nome artístico, usou o nome Camila Gonçalves, atualmente passou a usar Camila Pereira, dedica-se a MPB, à música regional e ao rock. Camila traz em si a tradição de uma família de artistas, que prima pela qualidade dos trabalhos que apresenta aos seus públicos. Sua influência musical é inteiramente familiar: seu pai, além de professor universitário é um dos grandes poetas de Feira de Santana, e excelente compositor Roberval Pereyr, uma de suas irmãs é também uma cantora e compositora, com uma carreira admirável (Carol Pereyr), atualmente no sul do Brasil e um de seus irmãos é um reconhecido talento musical nos meios artísticos de Feira de Santana, muito solicitado e com carreira própria como solista e compositor (Tito Pereira). 

Ninguém ficará surpreso quando surgirem no meio artístico, outros nomes desta família fazendo sucesso, pois neles o talento está na pele, está na alma. Camila começou a apresentar-se como cantora aos 15 anos, pois na verdade sempre cantou. Uma vez, que cantar em sua casa, é condição natural, como ela mesma afirma. Fazendo referência ao ambiente onde viveu e cresceu: "a arte está sempre rondando". Seu ídolo, é Roberval Pereyr (seu pai), como não poderia deixar de ser. É estudante de Farmácia, mas vendo Camila cantando entendemos que sua essência é inteiramente artística. Seu sonho é ter a certeza de que esta colocando a alma nas suas interpretações, pois acredita que cantar e um remédio para alma e que o canto aproxima-nos das divindades. 

Atualmente participa com Marcel Torres do "Grupo Alegoria", seu projeto mais imediato. A frase predileta de Camila é: "Cada dia é uma nova oportunidade" e sobre si mesmo, afirma: "sou da hora", "sou extremos: intensa e vaga". Mas tenham certeza que, enquanto canta, a artista é sempre intensa. A sua canção predileta, são todas aquelas que lhe toca e que cala fundo o seu "eu". Camila deve a seu público um registro de seu trabalho em CD e/ou DVD, mas certamente, logo, esta dívida estará sendo quitada. A cada dia, passa a ser mais requisitada impondo este registro, de modo que seu talento possa ser compartilhado com o resto do Brasil. Enquanto isto não acontece, resta-nos acompanhar o trabalho de Camila na noite feirense onde tem se apresentado em parceria com Marcel Torres e com o "Grupo Alegoria". 

(Viva Feira - 2010)







Página de 1






(75) 9199-8872


mylla-mai@hotmail.com

New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados