menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Dr. Ed Forró
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Santos
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
MUSEU CASA DO SERTÃO PROMOVE FESTIVAL COM PRODUÇÕES DE CINEMA DO SERTÃO

Festival de Cinema Sertão em Cena vai exibir ‘Bié dos Oito Baixos’, uma costura de imagens-textos ocorridas em território feirense, o ‘Samba de Bié’, no Centro de Abastecimento de Feira de Santana.
Publicado em: 08/07/2020 - 03:07:01
Fonte: Release da Ascom UEFS


    O Museu Casa do Sertão, entidade da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), convida o público a prestigiar as criações, ritmos e narrativas poéticas do universo cultural nordestino presentes nas produções audiovisuais do Festival de Cinema Sertão em Cena. Os vídeos serão exibidos sempre às quintas-feiras do mês de julho, às 15 horas, na página do Museu no Facebook, no seguinte endereço: https://www.facebook.com/museucasadosertao/
O projeto visa estimular a apreciação dos públicos (no plural entendendo a sua não uniformidade) a produções regionais que abordam, a partir de cenas, sequências e contextos, suas relações a enunciados históricos, sociais e as correntes artísticas e intelectuais. A proposta é de uma vigorosa pauta de discussões sobre as possibilidades e problematizações da produção audiovisual no interior baiano.
    A iniciativa é justificada, no âmbito museológico, pela produção cinematográfica, também compreendida enquanto testemunho material da humanidade. Isso leva em consideração a natureza, uma amálgama das demais artes que lida de forma dinâmica, com aspectos representativos de tempo, espaços e ideias.
    O Sertão em Cena estreia com a exibição da premiada ‘O Ouro de Muribeca’, dirigido por Talles Lins, curta metragem que foi gravado na Serra Azul do município de Uibaí, BA.  O filme se baseia numa lenda, extraída do Manuscrito 512, documento de autoria desconhecida que integra o acervo da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, considerado um dos maiores mistérios da cultura brasileira. O dinâmico roteiro versa sobre a saga de Vadim e sua busca pela lenda do ouro por dois mundos, o do encantamento e o da dura realidade.
    Em sequência será exibida a produção Quebra-Cabeça dirigida por Sandoval Dourado, que teve a participação de atores da região. Vencedor do Sétimo Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões (2012), o filme foi gravado na Rodagem, povoado de Lapã, BA, e retrata uma história de morte e vingança que vai se montando no decorrer da trama como um complexo recurso narrativo.

Centro de Abastecimento de Feira
    O próximo da lista será a produção ‘Terra Crua’ com roteiro e direção de Benedito Dias, gravado em Lagoa Funda região de Barro Alto. O filme enfoca disputas de poder que envolvem a terra e a água no Alto Sertão Baiano. Com atores locais, a trama discorre sobre os sofrimentos da seca na lida campesina e alentos da inocência infantil.
    O primeiro ciclo de exibições será finalizado com a obra ‘Bié dos Oito Baixos’ dirigido por Eduarda Gama e Uyatã Rayra. O filme conforma-se como o registro-acontecimento em que se detalham, de uma genuína ótica, uma costura de imagens-textos sobre emblemática manifestação cultural popular, ocorridas em território feirense, o ‘Samba de Bié’, no Centro de Abastecimento de Feira de Santana.
    O roteiro enfoca a biografia de Francisco da Silva Sena (o Bié) e o notabiliza enquanto mobilizador cultural que perpassa por meio de improvisos instrumentais (sanfona de 8 baixos acompanhada de zabumba e triângulo) no Samba de Roda do ambiente da feira, além de sons, cenas e personagens que protagonizam icônicas performances. A produção traz à luz reflexões sobre cultura, mentalidades, silenciamento, micropoderes e seu trânsito nos círculos sociais.
    Vale conferir o projeto Sertão em Cena e seus expedientes reflexivos sobre patrimônio cultural numa vinculação direta com o presente a partir das movimentações cênicas e nas discussões propostas sobre o protagonismo estético.  Em meio as exibições ocorrerão duas lives, sendo uma 23 de julho com participação de Kaony Moreira, o artista e diretor de arte Sócrates Júnior e a graduanda em cinema pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Rainha Han. Em 30 de julho, encerrando a atividade, haverá a participação de Kaony Moreira Eduarda Gama e Uyatã Rayra.

Acompanhe através:
https://mcs.uefs.br/
Facebook: Museu casa do sertão – uefs
Instagram: @museu.casa.do.sertao
Contato email: museucasadosertao@uefs.br

Calendário de exibições:




Apoio Cultural:



Higienizar

Josy Santana Artes e Unhas

Viva Feira
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados