menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Dr. Ed Forró
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Santos
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
DOIS FEIRENSES ENTRE OS HOMENAGEADOS DO “BERIMBAU DE OURO”

Com entrada gratuita, evento premia personalidades de diversas cidades da Bahia, de outros estados e até países, dentre os quais figuram os feirenses: Valdimir Queiroz e Lourdes Santana.
Publicado em: 02/03/2020 - 16:03:33
Fonte: Release de Lana Mattos (lanamattos@live.com)


    Duas noites para reconhecer e premiar grandes personalidades ligadas à cultura, em diversas categorias. Acontece, nas próximas quinta e sexta-feira, dias 5 e 6 de março, a 7º edição do prêmio “Berimbau de Ouro”.
    Aberta ao público, a cerimônia será realizada no Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador e tem início previsto para as 18h nos dois dias.
   Serão 70 homenageados, que receberão o troféu por serem considerados os melhores de 2019 em suas áreas, num reconhecimento público de excelência. Dentre os ganhadores do prêmio, estão capoeiristas, artistas plásticos, escritores, representantes de movimentos culturais, dentre outros. São personalidades de diversas cidades da Bahia, de outros estados e até de outros países. Na página do Facebook do evento há informações sobre os ganhadores: https://www.facebook.com/Berimbau-de-Ouro-1152659651501420/.  
    A programação do “Berimbau de Ouro” vai contar com diversas apresentações, como a da cantora Cilene Tinaut, interpretando a música “Céu de Santo Amaro”; do coral do Instituto Musical Juventude Arte do Recôncavo (IMUJAR), cantando músicas da MPB; do Samba de Enxada da cidade de São Felipe; além de performance de dançarinos e palestras.
    O “Berimbau de Ouro” foi idealizado pelo historiador, designer gráfico e mestre de capoeira Máximo Pereira de Brito Filho, mais conhecido como Mestre Máximo, que integra o Grupo de Capoeira Mangangá, em Salvador. O Prêmio foi criado em 2008, originalmente para homenagear os mestres e destaques da Capoeira no Brasil, sendo considerado uma das premiações mais consagradas da Capoeira no mundo. Em 2013, o “Berimbau de Ouro” passou a ser multicultural.
   Um dos homenageados, Flaviano Oliveira foi indicado pela jornalista Cassia Reuter e pelo próprio mestre Máximo para receber o prêmio em reconhecimento pelo roteiro e atuação no filme “O Fio da Meada”. Mineiro que reside em Simões Filho, o cineasta afirma que, para ele, “é uma glória ser indicado para receber um prêmio como melhor em 2019”.
    Mestre Máximo, que é também palestrante internacional sobre a Capoeira, destaca que o prêmio “é uma simbiose de múltiplas culturas que, sob o símbolo ancestral africano, o berimbau, constrói a união. Da união ao fortalecimento, no caminhar e dividir os espaços de poder que diariamente nos são negados!”. Para o mestre, o prêmio representa o “reconhecimento dos valores civilizatórios de gente que habitualmente constrói a brasilidade fora dos holofotes, saindo da invisibilidade social, pois gente é para brilhar!”.

Serviço: Prêmio “Berimbau de Ouro”
Local: Centro de Cultura da Câmara Municipal de Salvador
Data: 5 e 6 de março
Horário: 18h
Valor: Entrada franca




Apoio Cultural:



Mobilida e Cuidados

Higienizar

Viva Feira
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados