menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Dr. Ed Forró
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Santos
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
HACKATHON DA NASA MOVIMENTA FEIRA DE SANTANA COM DESAFIOS TECNOLÓGICOS


Publicado em: 14/10/2019 - 10:10:02
Fonte: Release da Ascom da FTC - Madalena de Jesus


    Criar um método de baixo custo para fornecer internet a pessoas longe no oceano, uma ferramenta de visualização que ilustra as mudanças causadas pelo aumento do nível do mar, ou ainda tecnologias que ajudem a eliminar os processos de aquecimento global. Estes são apenas alguns dentre os muitos desafios que os 133 participantes do Hackathon da NASA terão, entre os próximos dias 18 e 20, no campus do Centro Universitário UniFTC de Feira de Santana.
    Além dos desafios propostos pela NASA, que abrangem a vida na terra e os mistérios do espaço, todos devidamente embasados com dados pertinentes às questões, os hackateiros poderão trabalhar com temas bem próximos da realidade em que vivem, como a poluição das águas e do ar, ou ainda pensar e desenvolver propostas para os próprios desafios. Os participantes permanecerão no campus da Instituição durante todo o tempo de duração do evento.
    “O Space Apps Challenge é um programa de inovação da NASA. É o maior e mais complexo Hackathon do mundo, uma maratona de desenvolvimento de tecnologia que envolve pessoas de diferentes áreas, interessadas em encontrar soluções para problemas envolvendo questões terrestres e espaciais em um curto período de tempo”, explica Fabrício Oliveira. Ele destaca que o desafio tecnológico é realizado simultaneamente em várias cidades do mundo.
    Mas a programação não será restrita aos participantes selecionados entre os cerca de 400 inscritos. Paralelamente ao processo de imersão, várias atividades serão desenvolvidas para a comunidade: disputar uma caça ao tesouro interestelar, aprender a construir e lançar foguetes, ter acesso a informações do universo microscópico – que os olhos não podem ver – e até conhecer um piano de frutas, feito com uma placa de Arduíno e um pouco de programação.
    Lembrando que o evento acontecerá pela primeira vez em Feira de Santana, professora Marcly Amorim Pizzani, diretora da unidade da FTC, ressalta o caráter inovador do evento. “Por isso, nós abraçamos a ideia”, destacou, enfatizando que o projeto pertence a Feira de Santana. A realização do Hackathon conta com parceiros como a Prefeitura Municipal, Fundação Municipal Egberto Costa, Museu Parque do Saber e Instituto Euvaldo Lodi (IEL), e apoio de diversas empresas.



Apoio Cultural:



Higienizar

Josy Santana Artes e Unhas

Viva Feira
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados