menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Santos
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
VIVEIRO (DE ARARA)


Publicado em: 13/03/2019 - 12:03:16
Fonte: Release do Autor


    Esse meu novo conjunto de cantos, VIVEIRO (de Arara), nasceu de uma necessidade crescente em dar novos ares à minha prática poética, rumo a um lirismo inspirado especialmente na cultura popular. Esta é a primeira vez que desenvolvo um livro de poemas em torno de uma temática exclusiva e com um sotaque próprio. Por isso, fui em busca de uma  certa alteridade, experimentando trocar o eu-lírico pelo eu-público, sob a persona autoral de Arara. A defesa do meio ambiente é o tema geral do livro, que procura um diálogo entre minha visão de mundo e a urgente consciência coletiva sobre a sustentabilidade. De certa forma, o objetivo final é chamar a atenção do leitor para a responsabilidade social que ele tem como cidadão diante da ideologia do consumo desenfreado que ameaça cruelmente nosso querido ecossistema.
    VIVEIRO é dividido em duas partes: FEIRINHA e MEU AMBIENTE. Na primeira, faço dos frutos da terra os elementos centrais dos cantos, transplantando o ambiente das feirinhas de bairro (tradicionais em Feira) para esse meu novo universo simbólico. Da mesma forma, a maravilhosa tradição literária dos cordelistas é base importante para as estruturas de versificação. Desse modo, os cantos estão impregnados de recursos lúdicos que buscam ambientar o leitor num lugar da cultura nordestina que lhe é familiar. Na segunda parte, MEU AMBIENTE, volto minha atenção para a urbanidade, numa crítica afiada contra as ações humanas depredatórias. O tom de exaltação à natureza funde-se aqui a momentos de protesto e reivindicação, com cores de ativismo ambiental.
    VIVEIRO tem prefácio da poetisa Telma Siqueira, que num dos trechos afirma: “No conjunto, são cantos de declaração de amor à vida, à alegria e à leveza, sentimentos que justificam o anseio do poeta por uma vivência natural e harmoniosa com o meio ambiente.”; a editoração é de Edson Maxado, para a Coleção Aldebarã do MAC/Feira, com apoio da Fundação Cultural Egberto Costa; as ilustrações foram feitas especialmente para o livro pelo artista visual e teatral José Arcanjo; e o design da capa é do jornalista e diagramador João França. Além disso, o livro teve a consultoria do renomado poeta Roberval Pereyr, que colaborou com sugestões preciosas.

SERVIÇO
O QUÊ: Lançamento do livro VIVEIRO (de Arara), de Araylton Públio.
ONDE: MAC/Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira.
QUANDO: 21 de março de 2019, às 20h00. Entrada franca.
VALOR DO LIVRO: 10,00 (dez reais).
[Estudante paga a metade]



Apoio Cultural:



Micareta - Resultado

Higienizar

Viva Feira
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados