menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Santos
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
NOVOS ALUNOS DA FTC SÃO RECEPCIONADOS PELA INSTITUIÇÃO

Calouros da FTC encaram o desafio de serem protagonistas da própria formação.
Publicado em: 22/02/2019 - 03:02:04
Fonte: Release da Ascom da FTC - Madalena de Jesus


    Uma dona de casa de 52 anos, um professor de 46, duas garotas, de 16 e 17. Os perfis são bem diversos, mas as diferenças desaparecem na sala de aula, onde a pauta principal é o conhecimento. Na noite desta quarta-feira (20), a FTC Feira de Santana promoveu um momento de integração de pessoas como Roberta, Marcos, Alana e Manuella, para uma palestra show do professor e head trainer André Kaecher. O evento marcou oficialmente o início do semestre letivo 2019.1.
    O recado do palestrante foi direto: Não basta ter uma carreira, mas ser o protagonista de sua própria formação. De forma objetiva, ele falou de carreiras e das mudanças que o mercado vem sofrendo ao longo dos anos, especialmente nas duas últimas décadas e alertou que o profissional tem que ter diferencial para garantir seu espaço. “É preciso ser o autor e não co-autor de sua vida”, ensinou o professor formado pela FTC Feira de Santana aos 22 anos. “De lá para cá muita coisa mudou”, atestou, destacando a importância do estágio no processo de formação. 
    O desafio é grande para a dona de casa Roberta Carneiro Vieira Gomes, que somente depois dos 50 anos vai cursar o nível superior. Ela assistiu a aula inaugural ao lado da filha Swan, já graduada em Serviço Social – a outra filha cursa Administração – e assegurou que determinação não falta para se tornar psicóloga e ocupar espaço profissional na sociedade e na igreja onde congrega. Aliás, a escolha da Psicologia se deu exatamente pela convivência com as pessoas e a necessidade de ajudá-las.
    E o que dizer de passar 24 anos em sala de aula, como professor, e depois decidir mudar de posição? É o caso de Marcos Antônio Nascimento Silva, que leciona Inglês e agora vai cursar Direito, realizando um sonho de garoto humilde. “A sensação é que estou em casa”, disse. Entre as pessoas que lotaram o Auditório Professora Terezinha Mamona estavam Alana Lima e Manuella de Almeida, 16 e 17 anos, respectivamente. Fascinadas pela área de Exatas, elas já sonham com o dia da formatura em Engenharia Civil.
    Os novos alunos foram recepcionados pela professora Marcly Amorim Pizzani, diretora adjunta da FTC Feira de Santana, que reafirmou o compromisso da Instituição com a qualidade da formação acadêmica, pautado na responsabilidade social e nos valores de cidadania. Ela falou sobre a transformação da faculdade em Centro Universitário, com nota 5, conceito máximo do MEC. “Um mérito de toda a equipe”, frisou em seu pronunciamento de boas-vindas.



Apoio Cultural:



Previna-se

Higienizar

Viva Feira
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados