menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
MOSTRA CIENTÍFICA UNE TEORIA E PRÁTICA NA SEMANA DE ENGENHARIA DA FTC


Publicado em: 22/05/2018 - 10:05:17
Fonte: Release da Ascon FTC - Maria Madalena de Jesus


    Uma ponte construída com palito de picolé, um tanque para água feito com bambu, uma casa específica para o litoral (do piso ao telhado), um condomínio de luxo ou ainda estruturas de concreto, revestimento, e alvenaria. Estes são apenas alguns exemplos dos trabalhos científicos apresentados por mais de 100 alunos de Engenharia Civil e Engenharia Ambiental da FTC Feira de Santana. A mostra foi o ponto alto da VII Semana de Engenharia, que terminou na noite desta quinta-feira (17/5).
    Foram três noites de programação, incluindo palestras e minicursos que movimentaram o campus da Faculdade, sendo a quarta-feira (16/5) reservada para a mostra, que a cada ano atrai mais estudantes e público, pela qualidade e diversidade das temáticas abordadas. Os trabalhos envolvem várias disciplinas dos dois cursos: de Física, Pontes, Estruturas de Madeira e de Aço, Concreto a Ondas e Calor e Hiidrologia dentre outras, o que garante as várias especificidades das peças criadas.
    Nada é feito de forma aleatória. “O trabalho é resultado de pesquisas”, explicou o estudante Vandemberg Rodrigues, do 8º semestre de Engenharia Civil, que juntamente com um grupo de colegas criou uma escada feita com madeira de eucalipto. “Estudamos para ter certeza que é um tipo de madeira de resistência forte”, observou. Um dos autores da casa litorânea, Danilo Lima, do 7º semestre, optou pelo bambu, que segundo ele resiste aos efeitos do contato com o salitre.
    Os coordenadores de Civil e Ambiental, professores Ernesto Neiva e Juliana Nunes, bem como
os professores dos dois cursos, acompanharam de perto não somente a exposição, como a apresentação feita pelos alunos. Todos destacaram o nível de qualidade da produção. “Uma demonstração de que os alunos realmente buscaram alternativas de pesquisa”, avaliou a professora Heni Mirna. “O que mais chamou a atenção foi a evolução prática”, atestou o professor Rafael Oliveira.
    “Um grande desafio”, resumiu Ernesto Neiva, que também destacou o nível das palestras proferidas pelos convidados., todos nomes de destaque na área. Carlos Thadeu de Moraes Andrade falou sobre “Auditoria Ambiental na Construção Civil”, Danilo Ferreira sobre “Melhoramento do Fluxo Viário no Sistema Urbano” e Gardênia Vacarezza abordou a questão “Engenharia x Arquitetura: Desmitificando Conceitos”. Os participantes da VII SENGE contaram ainda com minicursos sobre Orçamento de Obra, Produção de Biodiesel, Auditoria Ambiental e Paredes de Concreto, dentre outras temáticas.
    O evento, cujo tema central foi “Quebrando tabus e compartilhando conhecimento”, reuniu mais de 400 participantes, superando as expectativas da comissão organizadora, integrada por formandos do curso, com a coordenação do professor Rodrigo Jorge Moreira. Ele avaliou que a participação dos estudantes em eventos como esse é fundamental para a formação profissional, principalmente pela possibilidade de contato com o que está acontecendo na área.

Fotos



Apoio Cultural:



Arraial de Feira
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados