menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
Mistérios...


Publicado em: 26/10/2017 - 17:10:22
Fonte:


Teorias e mais teorias vão surgindo tentando dar conta dos responsáveis pela construção da Grande Pirâmide, no Egito. E continuamos sem respostas concretas...

Sabe-se que aquele monumento foi construído exatamente sobre a linha imaginária que divide o planeta Terra em dois. Ora, para fazer tamanha façanha, só fotografando a Terra “do alto” e esta telemetria só fica perfeita se realizada com a utilização de um satélite.

Surgem, portanto, duas hipóteses em minha mente: ou aqueles antigos egípcios já sabiam voar (e voar bem alto) ou um povo completamente estranho ao homem da Terra veio aqui e construiu a pirâmide...

Vejamos mais: a altura da Grande Pirâmide, quando multiplicada por um milhão, fornece a exata distância da Terra ao Sol! E vêm mais hipóteses: ou foi uma inacreditável coincidência ou alguém já tinha os instrumentos necessários para fazer essa medição! E o detalhe é que os aparelhos para fazer esse tipo de cálculo só vieram a ser inventados milhares de anos depois.

As quatro faces da Grande Pirâmide apontam exatamente para os quatro pontos cardeais (cada uma).

Sua estrutura foi elaborada com mais de dois milhões e trezentos mil blocos de pedra, com muitos deles medindo mais de dois metros de altura e perfeitamente ajustados entre si.

E o que mais me deixa perplexo é que, mesmo com toda a nossa tecnologia, é praticamente impossível construirmos algo semelhante...

A pergunta segue no ar: como e com que técnicas puderam aqueles homens erguer blocos de pedra gigantescos e pesadíssimos, colocando-os a quase duzentos metros de altura?

A Ciência, por falta de uma resposta convincente, se cala em definitivo. E o enigma segue vivo, desafiando a todos; imponente e absoluto...

Na verdade, o ser humano sempre foi muito egoísta e vaidoso e, portanto, recusa-se a admitir a hipótese da existência de seres mais evoluídos no Universo. Admitir seria abalar as nossas bases de homens poderosos e “únicos habitantes do Cosmos”.

A própria existência do homem na Terra é um dos maiores mistérios que nos envolve. Quem teriam sido realmente os nossos ancestrais? Onde estariam as respostas? Nos pergaminhos e livros ou no infinito, com seus trilhões de astros e estrelas?

O ser humano inteligente sente dentro de si que falta algo a ser resolvido nesse enigma... O mistério é como um vizinho do lado, cujas portas encontram-se lacradas para os que se recusam a visitar.

Não tenhamos receio de fazermos uma incursão nos domínios “proibidos” do nosso “vizinho”. E assim, tal qual crianças pequenas, “pulemos a cerca” e penetremos aos poucos em seu vasto quintal...

 

x.x.x.x

 

*QUE EXEMPLO HEIN?! - Na França, fizeram uma estátua do ex-jogador Zidane, dando aquela famosa cabeçada num companheiro de profissão.  Um péssimo exemplo!

 

 




Apoio Cultural:



Escola Interativa
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados