menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
ESTUDANTES DE COMPUTAÇÃO TRABALHAM PARA EMPRESA DE MIAMI


Publicado em: 31/03/2017 - 10:03:13
Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Uefs


    Sete estudantes, histórias de vida diferentes, novas expectativas e algo peculiar em comum: todos prestam serviço para a empresa Matrix Labs, com sede em Miami.  A realidade desses alunos do curso de Engenharia da Computação da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) foi modificada pelo bom desempenho de um deles durante uma competição, a Hackathon / Campus Party 2016, que ocorreu em São Paulo.
    "A ferramenta que desenvolvi na competição era muito similar a uma que a Matrix estava desenvolvendo no momento. Um dos donos da empresa participou da Hackathon como jurado e se interessou pelo meu trabalho. Durante dois meses participei de entrevistas e tive que apresentar alguns projetos até ser contratado. Quando precisaram ampliar o ´time`, indiquei os colegas de curso", conta Diego Leite, estudante do 10º semestre e primeiro a atuar na empresa estrangeira.
    Os futuros engenheiros desenvolvem na Matrix atividades ligadas à computação visual, sistemas web, "internet das coisas", e sistemas operacionais. A rotina de trabalho é cumprida à distância, num espaço coworking (escritório compartilhado), que funciona em Feira de Santana.
    De acordo com o estudante Dilan Nery, que também presta serviço à empresa de Miami, esta é uma oportunidade de experimentar uma nova forma de trabalho, pouco usual aqui na cidade. "A gente trabalha com tecnologia de ponta, conceitos que estão começando a surgir agora. Esse é um importante diferencial que temos no mercado de trabalho", considerou.
    Quando questionado sobre a que razões atribui essa conquista, o aluno Diego Leite lembrou da importância da experiência que teve dentro do curso de Engenharia da Computação da Uefs. "Por três anos fui bolsista de iniciação científica no Laboratório de Computação de Alto Desempenho e isso me deu base para me destacar na competição que foi o início de tudo isso. Temos excelentes professores e um dos melhores cursos do país. Isso foi fundamental!", disse.
    Além de Diego e Dilan, também prestam serviços para a Matrix Labs os estudantes Carla Santana, Heitor Silva, Jones Dias, Lucas Morais e Salatiel Queiroz.





Apoio Cultural:



Prefeitura
New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados