menu
-Agenda Cultural
-Restaurantes
-Teatros
-Museus
-Comentários
-Fale conosco
-Política de Privacidade
-Utilidade Pública
-Links Feirense
-Artes Cênicas
-Artes Visuais
-Artesanato
-Bandas
-Literatura
-Músicos
ENTRETENIMENTO
-Cinema
-Arquivo de Eventos
-Festival Vozes da Terra
-Festival Gospel 2010
-Natal na Praça 2010
-Micareta 2011
-Últimos Eventos
-Radio Viva Feira
-TV Viva Feira
-Videos Viva Feira
COLUNISTAS
-Beto Souza
-Cezar Ubaldo
-Emanoel Freitas
-Fabiana Machado
-Luís Pimentel
-Maiara Angels
-Raymundo Luiz Lopes
-Sandra Campos
-Sandro Penelú
-Silvana Carneiro
 
 
 
MOSTRA CIENTÍFICA E CULTURAL MISTURA CONHECIMENTO E DIVERSÃO NA FTC


Publicado em: 25/05/2018 - 16:05:42

    Ciência e cultura estão mais próximas do que se pode imaginar. Pelo menos para os estudantes da FTC Feira de Santana, que reuniram informação, pesquisa e entretenimento na III Mostra Científica e Cultural. O evento, que aconteceu nesta quarta-feira (23/05), contemplou alunos dos turnos matutino e noturno de vários cursos e movimentou área de convivência com uma vasta programação.
    De exposições fotográficas de animais maltratados, feitas pelos estudantes de Medicina Veterinária, até massagem com ventosas, realizadas pelos alunos do curso de Biomedicina, a mostra apresentou, em estandes instalados na praça, o resultado de trabalhos desenvolvidos ao longo do semestre. A diversidade foi o ponto alto das atividades, que atraíram um grande público.
    Em formato de quermesse e no clima dos festejos juninos, essa foi a terceira edição da Mostra Científica e Cultural, que busca trazer conteúdos e assuntos interessantes sobre saúde, meio ambiente, qualidade de vida, recreação e muita novidade. Quem já viu uma fogueira sem lenha e sem poluição? E teve até a “Barraca do Beijo”, dos alunos de Odontologia, não sem razão uma das mais movimentadas.
    A estudante Elizete Viturino, do 7º semestre de Fisioterapia, explicou as possibilidades de tratamento de queimaduras para evitar a perda de mobilidade. Ela fez parte de um grupo que pesquisou a questão com orientação da professora Verena Liberal e ficou satisfeita com o resultado. Tanto quanto Rafaela Ribeiro, 3º semestre de Enfermagem, que sugeriu um olhar diferenciado para o Alzheimer, aliado ao estudo aprofundado da falta da proteína Betamilaroide, suposta causa da doença.
    Os impactos das festas juninas no meio ambiente, por conta dos fogos e fogueiras, foram abordados por estudantes de 7º e 8º semestres de Engenharia Ambiental. No estande montado pelo grupo, a ornamentação e as guloseimas do período chamaram a atenção dois visitantes. “Não é preciso abrir mão da tradição, mas é fundamental ter cuidado com o os estragos que podem ser causados ao ambiente”, ensinou Thais Lima.
    Além dos estandes, os alunos deram um verdadeiro show de dança e indumentária na apresentação das quadrilhas. Primeiro os de Educação Física. Depois os de Odontologia e Fisioterapia, que fizeram da dança típica das festas juninas uma aula, com os passos vinculados a ações praticadas pelos profissionais das duas áreas, inclusive o atendimento de primeiros socorros. E o Coral do NAIS – Núcleo de Atendimento Integral à Saúde – levou para o palco um repertório com muito forró.
    Outro momento de destaque foi o Encontro com o Autor, uma roda de conversa sobre produção literária, que reuniu os escritores Josman Lima, professor Vinícius Mendes, jornalista Madalena de Jesus e as estudantes da Instituição Fernanda Mastrolorenzo e Neilane Pereira, esta cordelista. A coordenação ficou a cargo dos professores Carlos Magno e Guísala Mamona, idealizadores da mostra, que avaliaram o evento acima das expectativas.

AUTORIA: Release da Ascon FTC - Maria Madalena de Jesus
Fotos




TEM INÍCIO MAIS UMA EDIÇÃO DA FEIRA DO SEMIÁRIDO NA UEFS


Publicado em: 24/05/2018 - 10:05:19

    Durante essa semana a 11ª Feira do Semiárido traz para o campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) espaços de discussões e reflexões sobre políticas públicas e desenvolvimento territorial. A cerimônia de abertura do evento aconteceu nesta quarta-feira, no Auditório Central da Universidade.
    Durante a abertura do evento, o reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, destacou a importância da Feira. “Esse é um evento que surgiu da busca de compreensão de como podemos na Universidade trabalhar melhor, a fim de criar alternativas para o Semiárido. Que Feira dê de fato respostas para esse público que necessita muito de troca de conhecimentos e que isso gere alternativas para a vida dessas pessoas”, disse.
    De acordo com o coordenador desta edição da Feira do Semiárido, professor Lenaldo Muniz, “o evento sempre procurou pautar temas fundamentais para o desenvolvimento regional e esse ano não é diferente. Temos quatro eventos acontecendo simultaneamente e até sexta-feira teremos uma programação bem intensa no que diz respeito à debates e discussões acerca do tema central”, ressaltou.
    Também participaram da mesa de abertura, o pró-reitor de Extensão da Uefs, professor Márcio Campos, e representantes da Prefeitura de Feira de Santana, do Governo do Estado, do Colegiado do Território Rural (Codeter), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), do IFBaiano, do Fórum Estadual da Economia Solidária e Arco Sertão Bahia, e do Movimento de Organização Comunitária. A abertura da cerimônia contou com a apresentação da Orquestra Sinfônica da Uefs.
    Vale lembrar que a programação da Feira segue até a próxima sexta-feira (25), com palestras, oficinas, rodas de conversa, grupos de trabalho e apresentações culturais. Como parte da programação do evento também está acontecendo a Feira de Economia Popular e Solidária, no hangar de eventos, que fica atrás do Auditório Central da Uefs. Os interessados em participar das atividades do evento ainda podem se inscrever no local.

AUTORIA: Assessoria de Comunicação Social da Uefs



MOSTRA CIENTÍFICA UNE TEORIA E PRÁTICA NA SEMANA DE ENGENHARIA DA FTC


Publicado em: 22/05/2018 - 10:05:17

    Uma ponte construída com palito de picolé, um tanque para água feito com bambu, uma casa específica para o litoral (do piso ao telhado), um condomínio de luxo ou ainda estruturas de concreto, revestimento, e alvenaria. Estes são apenas alguns exemplos dos trabalhos científicos apresentados por mais de 100 alunos de Engenharia Civil e Engenharia Ambiental da FTC Feira de Santana. A mostra foi o ponto alto da VII Semana de Engenharia, que terminou na noite desta quinta-feira (17/5).
    Foram três noites de programação, incluindo palestras e minicursos que movimentaram o campus da Faculdade, sendo a quarta-feira (16/5) reservada para a mostra, que a cada ano atrai mais estudantes e público, pela qualidade e diversidade das temáticas abordadas. Os trabalhos envolvem várias disciplinas dos dois cursos: de Física, Pontes, Estruturas de Madeira e de Aço, Concreto a Ondas e Calor e Hiidrologia dentre outras, o que garante as várias especificidades das peças criadas.
    Nada é feito de forma aleatória. “O trabalho é resultado de pesquisas”, explicou o estudante Vandemberg Rodrigues, do 8º semestre de Engenharia Civil, que juntamente com um grupo de colegas criou uma escada feita com madeira de eucalipto. “Estudamos para ter certeza que é um tipo de madeira de resistência forte”, observou. Um dos autores da casa litorânea, Danilo Lima, do 7º semestre, optou pelo bambu, que segundo ele resiste aos efeitos do contato com o salitre.
    Os coordenadores de Civil e Ambiental, professores Ernesto Neiva e Juliana Nunes, bem como
os professores dos dois cursos, acompanharam de perto não somente a exposição, como a apresentação feita pelos alunos. Todos destacaram o nível de qualidade da produção. “Uma demonstração de que os alunos realmente buscaram alternativas de pesquisa”, avaliou a professora Heni Mirna. “O que mais chamou a atenção foi a evolução prática”, atestou o professor Rafael Oliveira.
    “Um grande desafio”, resumiu Ernesto Neiva, que também destacou o nível das palestras proferidas pelos convidados., todos nomes de destaque na área. Carlos Thadeu de Moraes Andrade falou sobre “Auditoria Ambiental na Construção Civil”, Danilo Ferreira sobre “Melhoramento do Fluxo Viário no Sistema Urbano” e Gardênia Vacarezza abordou a questão “Engenharia x Arquitetura: Desmitificando Conceitos”. Os participantes da VII SENGE contaram ainda com minicursos sobre Orçamento de Obra, Produção de Biodiesel, Auditoria Ambiental e Paredes de Concreto, dentre outras temáticas.
    O evento, cujo tema central foi “Quebrando tabus e compartilhando conhecimento”, reuniu mais de 400 participantes, superando as expectativas da comissão organizadora, integrada por formandos do curso, com a coordenação do professor Rodrigo Jorge Moreira. Ele avaliou que a participação dos estudantes em eventos como esse é fundamental para a formação profissional, principalmente pela possibilidade de contato com o que está acontecendo na área.

AUTORIA: Release da Ascon FTC - Maria Madalena de Jesus
Fotos




PRÊMIO EDUCADOR DO ANO 2018


Publicado em: 18/05/2018 - 14:05:40

    Mais uma  vez a Academia de Educação de Feira de Santana  lança Edital para a escolha de um Professor a ser homenageado com o Prêmio Educador do Ano Governador Luiz Viana Filho. Basta acessar o site academiadeeducacao.org.br e verificar os procedimentos para a inscrição que iniciaram dia 15 deste  e vai até 30 de setembro.
    A Presidente da Academia de Educação, Profa. Anaci Paim, costuma dizer: “precisamos homenagear pessoas em vida, principalmente aquelas que se dedicam à educação. Todos nós fomos educados e guardamos na memória algo que aprendemos de um Professor. Quantos docentes conhecemos que merecem um prêmio! Pela dedicação, pela forma inovadora de  educar, pelo compromisso... É essa a intenção do Prêmio Educador do Ano”.
    Qualquer pessoa pode inscrever um Educador. Faça  a sua parte. A educação agradece.

 


AUTORIA: Academia de Educação de Feira de Santana



SEMINÁRIO PARA MULHERES EMPREENDEDORAS SERÁ REALIZADO DIA 23, EM FEIRA

Evento promovido pelo Sebrae traz na quinta edição o tema “Rainha, a peça mais versátil do xadrez”, abordando assuntos como marketing pessoal e empreendedorismo

Publicado em: 15/05/2018 - 15:05:02

    No próximo dia 23, em Feira de Santana, acontece a 5ª edição do Seminário da Mulher Empreendedora, evento voltado tanto para mulheres que já possuem uma empresa como para as que pensam em abrir um negócio no futuro, desejam dar um upgrade na vida profissional, aprimorar a gestão ou investir em uma nova carreira. O evento será realizado a partir das 18h30, no auditório da CDL local.
    As inscrições estão abertas e podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae (lojavirtual.ba.sebrae.com.br), no ponto de atendimento da instituição (Rua Barão do Rio Branco, 1225, Centro) ou no local do evento (Praça da Matriz, 173). O investimento é de R$ 60. Este ano, o seminário traz o tema “Rainha, a peça mais versátil do xadrez”, abordando assuntos como marketing pessoal, empreendedorismo, neuromarketing e a lógica do consumo, produtividade, qualidade de vida e a mulher multitarefas.
    O seminário oferece uma programação com palestras, talk show, desfile de moda, orientações sobre automaquiagem e coquetel de encerramento com apresentação musical da banda Baiana Bossa. O evento é formatado para proporcionar a troca de conhecimento e experiências entre as convidadas e participantes, buscando aprimorar suas atividades para que obtenham sucesso no mercado.
    O encontro é realizado pelo Sebrae com o apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato das Indústrias do Vestuário de Feira de Santana (Sindvest) e Núcleo de Pós-graduação Gastão Guimarães.
    Palestrantes
    Como palestrantes do evento estão mulheres bem-sucedidas em suas áreas de atuação. Estarão no encontro Lucia Haracemiv, CEO da DNA de Vendas, consultora especializada em produtividade, empreendedora, mentora de vendas da Endeavor e responsável pelo desenvolvimento de uma metodologia inovadora que tem contribuído para resultados de grandes empresas em mais de 35 segmentos; Marivania Mota, neuropsicóloga, atuante em desenvolvimento social, professora de pós-graduação e colaboradora de núcleos especializados de pesquisa clínica e cognitiva; e Elisangela Nunez, analista do Sebrae e orientadora de negócios.
    “Estamos trazendo assuntos femininos e de negócios, abordando a questão da mulher empreendedora e a sua marca. Para isso, trazemos mulheres com ampla experiência, que trabalham muito com isso. A Lúcia tem uma metodologia para estimular vendas que é exitosa em empresas de todo país”, destaca a analista do Sebrae e organizadora do evento, Marta Souza. “Abordaremos também as motivações pelas quais nós, enquanto consumidoras, e os consumidores dos nossos produtos compram, para que isso auxilie no posicionamento e estratégia de vendas”, completa.
    Programação
    18h30 - Credenciamento e recepção
    19h – “Personal Branding - A mulher empreendedora e sua imagem”, por Lúcia Haracemiv
    Bônus - Dicas de automaquiagem
    20h – “Mito ou Verdade - De onde viria a capacidade da mulher em fazer várias coisas ao mesmo tempo?”, por Marivania Mota
    Break - Desfile de moda - Coleção de Inverno
    21h - Talkshow – “A lógica do consumo: Por que compramos?”, por Elisangela Nunez e Lucia Haracemiv
    22h - Coquetel de encerramento
    Serviço   
    V Seminário da Mulher Empreendedora
    Data: 23 de maio
    Horário: 18h30 às 22h30
    Local do evento: Auditório da CDL (Praça da Matriz, 173, Centro. 75 3602-3636)
    Inscrições: Loja virtual do Sebrae Bahia, ponto de atendimento ou CDL
    Informações: Sebrae Feira de Santana (Rua Barão do Rio Branco, 1.225, Centro. 75 3221-2153)
    Investimento: R$ 60

AUTORIA: Vívian Rodrigues



VIOLÊNCIA NA ESCOLA: RESULTADO DAS AÇÕES INTEGRADAS


Publicado em: 11/05/2018 - 16:05:28

    A Academia de Educação de Feira de Santana volta a realizar o SEMINÁRIO SOBRE VIOLÊNCIA NA ESCOLA, em sua quinta edição, que acontecerá no dia 29 de maio, das 8 às 12 horas, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Feira  de Santana, no largo São Francisco.
    Este ano o evento irá avaliar a evolução dos efeitos positivos resultantes da ação integrada entre os órgãos de gestão educacional e de segurança pública no município e deve contar com a participação da Secretaria Municipal de Educação,  Secretaria Municipal de Prevenção a Violência através da Guarda Municipal, Polícia Militar,  Núcleo Regional de Educação (NRE-19) e ainda o Núcleo de Estudos e Pesquisas na Infância e Adolescência NNEPA/UEFS.
    O evento é aberto ao público, porém aquele que necessitar de certificado deve efetuar sua inscrição enviando o nome completo para o e-mail academia.edufsa@gmail.com
    “Acredito que o tema apresenta uma oportunidade de reflexão conjunta e certamente resultará em novas formas de avanço no que diz respeito a redução da violência no ambiente escolar, como temos visto nas exposições apresentadas por esses órgãos nos últimos Seminários”. Palavras da Presidente da Academia de Educação, Profa. Anaci Paim, que reforça o convite especialmente à classe docente, gestores de unidades, estudantes e interessados no assunto.

AUTORIA: Academia de Educação de Feira de Santana



FÓRUM REGIONAL NA FTC DISCUTE LIDERANÇA E EMPREENDEDORISMO


Publicado em: 26/04/2018 - 16:04:44

    Mais do que palavras comuns no mundo contemporâneo dos negócios, liderança e empreendedorismo passaram a ser assuntos obrigatórios em eventos de Administração. Na noite desta terça-feira (24), estas foram as principais questões discutidas por estudantes, professores e profissionais da área, no III Fórum Regional de Gestão e Empreendedorismo, com o tema central Gestão Empresarial e Liderança.
    Organizado pelos estudantes, com apoio da coordenação do curso de Administração, a terceira edição do Fórum Regional mais uma vez superou as expectativas, principalmente pelo nível dos palestrantes convidados. “É uma forma diferenciada de agregar valores e conhecimentos, fora da sala de aula”, avaliou o estudante Lucas Silva de Jesus, do 6º semestre. Ele destacou a palestra do supervisor de trade Thiago Mota sobre o cenário corporativo.
    Outro tema abordado durante a noite foi a recente reforma trabalhista e as implicações na relação entre trabalhador e empregador. O professor e advogado Geraldo Sampaio falou sobre as principais dúvidas existentes e a necessidade de se estabelecer, de forma clara, os direitos e deveres de cada segmento. As palestras atraíram um grande público, formado principalmente por estudantes de Administração e Contábeis, ao Auditório Professora Terezinha Mamona.
    Os participantes receberam as boas vindas do diretor da Rede FTC, professor Cristiano Lôbo, que destacou o comprometimento e a dedicação dos alunos na organização do evento, porque a vida acadêmica não é construída apenas em sala de aula. “A cada experiência como essa, percebemos que estamos no caminho certo de promover a formação profissional de forma diferenciada”, afirmou. Também participaram da abertura a diretora adjunta Marcly Amorim Pizzany e a coordenadora do curso de Administração, Jucicleide Nascimento.
     A programação do Fórum incluiu, além das palestras, workshops em Recursos Humanos e Inteligência Emocional, com a psicóloga Maiany Souza, que é especialista em Psicologia Organizacional, e o administrador de empresas Flávio Burgos, respectivamente. Esses eventos ocorreram à tarde, em salas de aula do campus.

AUTORIA: Release da Ascon FTC - Maria Madalena de Jesus
Fotos




JUIZ FAZ PALESTRA NA FTC SOBRE VIVÊNCIAS NA VARA DE FAMÍLIA


Publicado em: 24/04/2018 - 02:04:41

    No lugar do professor, um juiz. Ao invés de aula, uma conversa. Foi assim que os estudantes do 1º ao 9º semestres do curso de Direito da FTC Feira de Santana tiveram acesso a informações sobre o exercício da atividade jurisdicional. O convidado foi o juiz Pedro Henrique Izidro da Silva, da 3ª Vara de Família da comarca de Feira de Santana. Foi a segunda edição do projeto “O juiz vai à sala de aula”, que lotou o Auditório Professora Terezinha Mamona, na última quarta-feira (18/4).
    A proposta é estabelecer uma rede de conversação com os estudantes sobre a atuação dos magistrados e, ao mesmo tempo, promover maior integração do Poder Judiciário com a sociedade. “A FTC aderiu ao projeto porque entendemos que é uma oportunidade de aproximar nossos alunos do Direito e da Justiça”, disse a coordenadora do curso, professora Geruza Gomes. “Já na primeira edição constatamos o quanto foi importante para os nossos discentes”, avaliou.
    O projeto tem como objetivo difundir a verdadeira imagem do Poder Judiciário, que muitas vezes é distorcida pela sociedade. Segundo Pedro Henrique Izidro da Silva, juiz há 10 anos, é o magistrado que garante a aplicação tanto da Constituição, que é a nossa lei maior, como das leis ordinárias que estão em vigor. “O juiz é um ser humano como qualquer outra pessoa e não uma figura inacessível”, afirmou, destacando a relevância do magistrado ir à sala de aula.
    “Um evento dessa magnitude é de suma importância para nós, acadêmicos do curso de Direito, pela oportunidade de contar com a presença de um magistrado altamente capacitado, que compartilha conosco experiências vivenciadas no seu dia a dia”, observou o estudante do 2º semestre do curso Sérgio da Paixão Fiuza. Para ele, eventos dessa natureza “nos ajuda a enriquecer a nossa formação acadêmica, bem como desmistificar o papel do juiz na sociedade”, conforme ressaltou.
    Já a estudante Joalice de Souza Vieira da Silva, que cursa o 1º semestre, considerou de grande valia para o aprendizado dos estudantes de Direito da FTC, “especialmente para desmistificar esse conceito que temos a respeito dos juízes, ou seja, que os mesmos são diferentes, principalmente no trato com o cidadão comum”. Cursando o 7º semestre, Elisabeth Oliveira Santos Porto lembrou que participou da primeira edição do projeto na faculdade. “Abracei a causa, pois entendo a importância da proposta”, frisou.
    Estagiária do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), Elisabeth elogiou a aula ministrada pelo juiz Pedro Henrique sobre Direito das Famílias, momento que serviu para sanar dúvidas dos alunos. “Precisamos de mais momentos como esse”, completou Eurico Agostinho Netto, do 7º semestre, que parabenizou a iniciativa da Instituição e a parceria estabelecida com o TJ/BA. O evento foi realizado pela coordenação do curso de Direito, por meio do NPJ, com destaque para a coordenadora Emanuele Moreira, a advogada Lívia Ribeiro e os monitores do núcleo.

AUTORIA: Release da Ascon FTC - Maria Madalena de Jesus



PROJETO DE EXTENSÃO LEVA ESTUDANTES DA FTC PARA AS RUAS

“Cuidando da Maloca” e as histórias de quem mora na rua

Publicado em: 19/04/2018 - 11:04:58

    Você deve lembrar o nome do seu vizinho, daquele parente distante que aparece apenas de vez em quando, ou de um ou outro amigo dos tempos de escola. Mas e do garoto que te pediu alguns trocados na sinaleira do cruzamento da avenida Getúlio Vargas com a com a rua JJ Seabra? Ou daquela moça jogada em frente a alguma loja na avenida Senhor dos Passos? Nem sempre damos atenção a todas as pessoas, assim como nem sempre nos lembramos de quem vive nas ruas. O “Cuidando da Maloca” não.
    Despertar nas pessoas que vivem em situação de rua o interesse em cuidar de si mesmas é a proposta do projeto de extensão “Cuidando da Maloca”, desenvolvido por estudantes de Enfermagem – e agora também de Biomedicina – da FTC Feira de Santana, desde setembro de 2017. Nesta terça-feira (17/4), um grupo de alunos realizou mais uma atividade de promoção à saúde, no praça principal do bairro Kalilândia.  As pessoas receberam informações sobre parasitoses intestinais.
    A iniciativa é da professora Keila Barros, do curso de Enfermagem, que coordena as ações, com suporte da Instituição. Ela avalia a importância do projeto especialmente pela possibilidade de aproximação dos futuros enfermeiros com a população em situação de rua e o aprimoramento daquilo que é absorvido em sala de aula. “Contamos com parceiros nesta caminhada para dar uma melhor qualidade de vida às pessoas que vivem em situação de desabrigo em nossa cidade, como o grupo Sou Ubuntu, a Cáritas Arquidiocesana, o Movimento População de Rua de Feira de Santana e a Associação Cristã Nacional”, enumera.
    Mesmo com um tempo curto de atuação, o projeto já conta com histórias interessantes, como a de Mortadela, morador de rua que morria de medo de agulhas. “A gente conseguiu aferir a pressão arterial dele, mas não fazer o teste de glicemia, por conta do seu medo. Então criamos a estratégia de usar a lanceta, que não aparece a agulha”, comenta Keila.
    A história de Seu Raimundo também faz parte dos relatos de ações de sucesso do “Cuidando da Maloca” nestes meses de trabalho nas ruas de Feira de Santana. “Ele [Seu Raimundo] é uma pessoa em situação de rua que tinha uma ferida crônica na perna, e por isto somente andava de calças, e tinha um sonho de ir para a praia, mas não o fazia por vergonha da ferida. Tratamos dele e, no último dia do projeto, o encontramos de bermuda e dizendo que iria para a praia com a família”, conta Keila, emocionada pela realização profissional e pessoal. “Muitos podem achar que é pouca coisa, mas para nós do projeto, é um ganho enorme”, conclui.


AUTORIA: Release da Ascon FTC - Maria Madalena de Jesus
Fotos




Mais Notícias

    O Sebrae em Feira de Santana inicia o lançamento da agenda de capacita&...

    A Academia de Educação de Feira de Santana realizará a Se...

    A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) inscreve, de 20 a 26 de fev...

    O ano de 2018 será de muitos desafios. Por conta disso, professores e c...

    Com inscrições abertas para o processo seletivo 2018.1, a Univer...

    Se você é candidato do Processo Seletivo (Prosel) 2018.1 da Unive...

    O Programa Arte de Viver recebeu 3.047 inscrições para as 20 ofi...

    As cores, formas e costumes dos índios do Brasil, retratados em 22 foto...

    O grupo Sou Ubuntu deseja participar de forma ativa e consciente na mudan&cced...

DESCRIÇÃO: Oficina voltada para mulheres que escrevem e/ou se interessam pela arte...


Página de 23
| | | | |

 

Apoio Cultural:


New Page 1

 

© 2009-2016 Viva Feira - Todos os direitos reservados